Nϊmero 29
II
SΙRIE

Quarta-feira, 18 de Julho de 2012

REGIΓO ADMINISTRATIVA ESPECIAL DE MACAU

      Anúncios notariais e outros

2.º CARTÓRIO NOTARIAL DE MACAU

CERTIFICADO

澳門教育從業員協會

中文簡稱為“教協”

為公佈之目的,茲證明上述社團之章程已於二零一二年七月六日,存檔於本署之2012/ASS/M3檔案組內,編號為161號,有關條文內容如下:

澳門教育從業員協會

第一章

總則

第一條——本會名稱為“澳門教育從業員協會”,中文簡稱:“教協”。

第二條——本會為非牟利組織,其宗旨為團結愛國愛澳的教職人員,維護教職人員的權利,促進教育改革發展,提升教職人員的素質,構造澳門特色的公民體系。

第三條——本會創會會址設於澳門俾利喇街110號粵華廣場10樓D座。

第二章

會員

第四條——凡澳門教師、學校專職人員、學校職員,認同本會章程,辦理入會申請手續,經理事會批准,繳納會費,即成為本會會員。

第五條——會員權利如下:

(一)依章程之規定參與會務;

(二)參加本會會員大會,享有選舉權和被選舉權;

(三)參加本會舉辦的活動。

第六條——會員義務如下:

(一)遵守本會章程;

(二)執行本會會員代表大會及理事會決議;

(三)維護本會聲譽和利益。

第七條——會員有下列事情之一時,本會得取消其會員資格:

(一)嚴重違反本會宗旨;

(二)嚴重破壞本會聲譽;

(三)嚴重不履行會員義務。

第三章

組織與職權

第八條——本會組織架構包括會員大會、理事會和監事會。

第九條——會員大會由具投票權之會員組成,原則上每年召開一次平常會議,由會長召集和主持。會員大會的召集書至少於會議前十四日以透過簽收方式或掛號信方式下達各會員,召集書內須載明會議日期、時間、地點及議程。大會會議在不少於二分之一人數會員出席方可決議;倘召集會議時間已屆而不足上指人數,則一小時後隨即進行大會會議,而不論會員多少。

第十條——會員大會之決議,以出席代表絕對多數票同意行之,票數相同時會長可多投一票。

第十一條——會員大會之職權如下:

(一)選舉會員大會主席團,理事會和監事會成員;

(二)議決及審查理事會的工作報告和財務報告;

(三)審查監事會所提意見書;

(四)法律及本章程所規定的其他職權。

第十二條——理事會成員任期三年。理事會由十一至三十五人組成,但必須為單數,設理事長一人,副理事長一至三人,秘書長一人,理事若干人,擔任職務由理事互選產生。理事長可連任一年。

第十三條——理事會會議由理事長召集並主持,需全體理事二分之一人數以上出席,決議由出席理事過三分之一人數同意決定之,票數相同時理事長可多投一票。

第十四條——理事會之職權如下:

(一)執行會員大會之決議;

(二)審核入會申請案;

(三)審議取消會員資格案;

(四)草擬章程修正案並提交會員大會議決;

(五)擬定工作報告及財務報告並提交會員大會議決;

(六)籌備召開會員代表大會;

(七)法律及本章程所規定的其他職權。

第十五條——監事會成員任期三年。監事會由三至十一人組成,但必須為單數,設監事長一人,副監事長一至三人,監事若干人,擔任職務由監事互選產生。監事長可連任一年。

第十六條——監事會會議由監事長召集並主持,需全體監事二分之一人數以上出席,決議由出席監事過三分之一人數同意決定之,票數相同時監事長可多投一票。

第十七條——監事會之職權為監督理事會的工作,並提交對理事會工作報告及財務報告的意見書給會員代表大會。

第十八條——本會設會長一人,副會長若干人,但必須為單數,以組成會員大會主席團,任期三年。會長可連任一年。

第十九條——會長之職權如下:

(一)召開會員代表大會,並擔任主席;

(二)督導推展會務。

第二十條——副會長之職權如下:

(一)輔佐會長處理會務;

(二)會長出缺時代理會長。

第二十一條——會長無法執行職務時,由順位副會長代理。會長、副會長均無法執行會務時,由理事長代理。

第二十二條——本會可聘任顧問若干人,以推展會務。

第四章

財務收支

第二十三條——本會之經費包括會費、捐贈、利息、籌募以及任何在理事會權限範圍內的收入。

第二十四條——本會年度經費預算,由秘書長編制,經理事會審議後並提請會員大會議決。

第五章

附則

第二十五條——本章程之修改,應由理事會提出議案,於會員大會出席會員四分之三以上通過實施。

第二十六條——本會解散,應由理事會提出議案,於會員大會全體四分之三會員以上通過實施。

第二十七條——本章程得附設執行細則或實施辦法等規定。

Está conforme.

Segundo Cartório Notarial de Macau, aos nove de Julho de dois mil e doze. — O Ajudante, Leong Kam Chio.


CARTÓRIO NOTARIAL DAS ILHAS

CERTIFICADO

澳門跨文化教育協會

為公布的目的,茲證明上述社團的設立章程文本自二零一二年七月九日起,存放於本署之“2012年社團及財團儲存文件檔案”第1/2012/ASS檔案組第41號,有關條文內容載於附件。

澳門跨文化教育協會章程

第一條——本會名為“澳門跨文化教育協會”。本會為非牟利組織。會址設於澳門青草街12-16號晶品二期地下C舖,經理事會同意可更改。

第二條——本會宗旨是:

1. 宣揚愛國愛澳精神;

2. 推動兩岸文化交流;

3. 推廣中華文化至世界各地;

4. 集合不同文化背景的國際導師,協助學校建立國際化的學習環境;

5. 培養青年國際視野及全球化思維,與不同國度的外國人有雙向、直接的交流。

第三條——凡認同本會章程的任何人士,經理事會核准後,均可成為本會會員。會員須遵守本會章程及各內部規範,積極參加本會的各項活動,會員有繳交會費之義務。

第四條——本會架構包括會員大會、理事會及監事會。

1. 會員大會為本會的最高權力機構,可通過及修改會章,選舉領導架構及決定各會務工作。決議取決於出席會員的絕對多數票;如屬修改會章之決議,則須獲出席大會四分之三之會員的贊同方為有效。會員大會設主席一名,負責會員大會的召開及主持工作。

2. 理事會設理事長一名、理事若干人,總人數必為單數。理事長對外代表本會,對內領導和協調本會各項工作,理事協助理事長工作。理事會決策時,須經半數以上成員通過方為有效。

3. 監事會設監事長一名、監事若干人,總人數必為單數。監事會負責監察理事會日常會務運作和財政開支。

第五條——經理事會批准,本會聘請有關人士為名譽會長和名譽顧問。

第六條——會員大會每年召開一次。大會之召集須最少提前八日以掛號信方式為之,或最少提前八日透過簽收方式而為之,召集書內應指出會議之日期、時間、地點及議程。領導架構每三年重選,連選可連任。解散法人或延長法人存續期之決議,須獲全體社員四分之三之贊同票。

第七條——本會經費來源主要由會員繳交之會費、公共實體的贊助及私人機構或社會人士捐贈。

第八條——本章程忽略之事宜依本澳現行法律規範。

二零一二年七月九日於海島公證署

一等助理員 林志堅


CARTÓRIO PRIVADO

MACAU

CERTIFICADO

Certifico, que o presente documento de sete folhas, está conforme o original do exemplar dos estatutos da associação denominada «Associação de Promoção de Economica e Comércios Gan Ou», depositado neste Cartório, sob o número dez no maço número um de documentos de associações e fundações do ano de dois mil e doze.

贛澳經濟貿易促進會

第一條——1.本社團名稱為「贛澳經濟貿易促進會」,葡文名稱為「Associação de Promoção de Economica e Comércios Gan Ou」,英文名稱為「Macau Gan Ou Economy and Trade Promotion Association」。

2. 本社團為非牟利私法人,存續期為無確定期限。

第二條——社團法人住所設於澳門友誼大馬路207號新建業商業中心地下V座。

第三條——社團之宗旨:

a)促進澳門與江西之經濟、貿易及投資;

b)推動澳門與江西之經濟、貿易及投資的發展;

c)促進澳門及江西之社會和諧、繁榮穩定。

第四條——凡贊同社團宗旨及願意遵守社團章程之所有人士,均可申請為會員。

第五條——會員有以下權利:

a)參與會員大會及投票;

b)參加社團舉辦的各項活動;

c)享有社團提供之福利及設施。

第六條——會員有以下義務:

a)遵守會章及法律;

b)協助推廣會務;

c)服從社團機關作出之所有决定。

第七條——於下列情況會員將失去會員資格:

a)向社團申請退會;

b)違反會章;

c)作出損害社團聲譽之行為。

第八條——以下為社團之機關:

a)會員大會;

b)行政管理機關;

c)監事會。

第九條——會員大會有以下權限:

a)選舉及解任機關成員;

b)通過資產負債表;

c)修改章程;

d)解散社團;

e)法律或章程並未規定屬社團其他機關職責範圍之事宜。

第十條——1. 會員大會由行政管理機關於認為有需要時召集,召集須最少提前八日以掛號信方式為之,或最少提前八日透過簽收之方式而為之,召集書內應指出會議之日期、時間、地點及議程。

2. 會員大會每年必須召開一次,以通過資產負債表。

3. 不少於總數五分之一之會員以正當目的提出要求時,亦得召開大會。

4. 如行政管理機關應召集大會而不召集,任何社員均可召集。

5. 屬首次召集之大會,如出席會員未足半數,不得作任何決議。

6. 會員大會決議取決於出席會員之絕對多數票,但不影響以下各款規定之適用。

7. 修改章程之決議,須獲出席社員四分之三之贊同票。

8. 解散法人或延長法人存續期之決議,須獲全體社員四分之三之贊同票。

第十一條——1. 行政管理機關由單數成員組成,其中一名為行政管理機關主席,其餘成員為行政管理機關委員。

2. 行政管理機關有以下權限:

a)管理社團,決定及策劃社團之會務;

b)收納會員;

c)訂定入會費及定期會費金額;

d)聘請員工;

e)委托代表人代表社團執行指定之工作;

f)提交年度管理報告;

g)行使法例賦予之其他權限。

第十二條——1. 監事會由單數成員組成,其中一名為監事會主席,其餘成員為監事會委員。

2. 監事會有以下權限:

a)監督法人行政管理機關之運作;

b)查核法人之財產;

c)就其監察活動編制年度報告;

d)履行法律及章程所載之其他義務。

第十三條——1. 機關成員由會員大會選舉產生,任期一年,可連選連任。

2. 機關成員應於被選任後立即開始履行職務,直至被取替為止。

Cartório Privado, em Macau, aos seis de Julho de dois mil e doze. — O Notário, Fong Kin Ip.


2.º CARTÓRIO NOTARIAL DE MACAU

CERTIFICADO

世界(中國澳門)新歸國華僑(僑眷)
聯合會

(簡稱:中國澳門新僑聯)

英文名稱為“Federation of World (Macau of China)
New Returned Overseas Chinese and the Family
Members of Overseas Chinese”

(Abbreviation: FWRC)

為公佈之目的,茲證明上述社團的章程之修改文本已於二零一二年七月九日,存檔於本署之2012/ASS/M3檔案組內,編號為163號,有關條文內容如下:

第一條——中文名稱為:“澳門歸國華僑暨僑眷聯合會”,中文簡稱為:“中國澳門新僑聯”,英文名稱為:“Federation of the Returned Overseas Chinese and the Family Members of Returned Overseas Chinese in Macau”,英文簡稱為:“FRC”,本會會址為:澳門台山巴波沙大馬路新城市花園第二座2樓F座。

Está conforme.

Segundo Cartório Notarial de Macau, aos nove de Julho de dois mil e doze. — O Ajudante, Leong Kam Chio.


2.º CARTÓRIO NOTARIAL DE MACAU

CERTIFICADO

“世界(中國澳門)歸國華僑商人
聯合會”

(簡稱:中國澳門僑商會)

英文名稱為“Federation of World (Macau of China) Returned Overseas Chinese Businessmen”

(Abbreviation: FWRB)

為公佈之目的,茲證明上述社團的章程之修改文本已於二零一二年七月九日,存檔於本署之2012/ASS/M3檔案組內,編號為162號,有關條文內容如下:

第一條——中文名稱為:“澳門歸國華僑商人聯合會”,中文簡稱為:“澳門僑商聯”,英文名稱為:“Federation of Returned Overseas Chinese Businessmen in Macau”,英文簡稱為“FRB”,本會會址為:澳門台山巴波沙大馬路新城市花園第一座3樓D座。

Está conforme.

Segundo Cartório Notarial de Macau, aos nove de Julho de dois mil e doze. — O Ajudante, Leong Kam Chio.


2.º CARTÓRIO NOTARIAL DE MACAU

CERTIFICADO

Associação de Som Autóctone,
em chinês 道地聲協會,
e em inglês Native Sound Association

Certifico, para efeitos de publicação, que se encontra arquivado, neste Cartório, desde seis de Julho de dois mil e doze, no Maço número dois mil e doze barra ASS barra M3, sob o número cento e sessenta, um exemplar da alteração dos estatutos da associação em epígrafe, do teor seguinte:

Artigo segundo

(Sede)

A sede da Associação é em Macau, na Rua do Almirante Sérgio, n.os 94-120, Edifício The Riviera, Bloco II, 21.º andar L.

Está conforme.

Segundo Cartório Notarial de Macau, aos nove de Julho de dois mil e doze. — O Ajudante, Leong Kam Chio.


CARTÓRIO PRIVADO

MACAU

CERTIFICADO

普濟襌院(觀音堂)僧侶慈善會

Associação de Beneficência dos Bonzos do Templo ou Pagode Pou Chai Sim Iun (Kun Iam Tong)

Pou Chai Sim Iun (Kun Iam Tong) Pagoda or Temple Monks Charity Association

Certifico, que desde cinco de Julho de dois mil e doze e sob o número um do maço número um do ano de dois mil doze, respeitante a associações e fundações, se acham arquivados neste Cartório os estatutos actualizados, em virtude de alteração dos mesmos, da Associação identificada em efígrafe.

修改社團章程

該社團特別會員大會於二零一二年六月二十五日的決議,修改該會章程全部內容,其修改內容如下:

第一章

總則

第一條

名稱

本會之中文定名為:“普濟襌院(觀音堂)僧侶慈善會”,葡文為“Associação de Beneficência dos Bonzos do Templo ou Pagode Pou Chai Sim Iun(Kun Iam Tong)”,英文名稱為“Pou Chai Sim Iun(Kun Iam Tong)Pagoda or Temple Monks Charity Association”。

第二條

會址

本會設於:澳門美副將大馬路觀音堂內。

第三條

宗旨

本會為非牟利宗教機構,宗旨如下:

1. 參與佛教活動;

2. 宏揚佛法,鑽研佛學;

3. 鼓吹宗教道德;

4. 組織慈善活動;建造及維修本會廟宇、助貧、興辦老人院舍、學校及圖書館;

5. 管理本會物業及財產。

第二章

會員

第四條

會員資格

凡認同本會宗旨,願意遵守本會章程,均可提出申請成為會員,但須經理事長推薦,並由全體理事通過,方可成為會員。

第五條

權利及義務

一、 會員享有選舉及被選舉權。

二、 負有遵守本會章程,維護本會信譽和形象,履行本會各機關通過決議的義務。

第六條

退會

一、以下情況將導致喪失會員資格:

a) 申請退會;

b) 違反本會章程;

c) 無正當理由不履行本會決議;

d) 損害本會聲譽及利益。

二、開除會籍的決議,須經由出席理事會會議過半數成員同意方能通過。

第三章

組織

第七條

本會之組織結構包括

a) 會員大會;

b) 理事會;

c) 監事會。

第八條

大會權限

一、 會員大會由全體會員組成。

二、 會員大會權限:

a) 制定和修改會章;

b) 審查年度帳目報告;

c) 決定本會之會務方針;

d) 通過章程;

e) 選舉會員大會、理事會及監事會成員。

第九條

會議

一、 會員大會由全體會員參與組成,每年召開一次會議,日期由上一次會員大會決定。會議召開前,必須最少提前八日以書面通知會員或以會員簽收方式代替,通知上須定明開會之日期、時間、地點及議程。

二、 會員大會設主席一人,副主席一人,秘書一人,任期三年,可連選連任。

三、 會員大會由主席主持,如主席缺席,則由副主席主持,所有決議由有投票權出席之絕對多數票贊成方能通過生效。

第十條

理事會

一、 本會執行機關為理事會,任期三年,可連選連任。

二、 理事會由會員大會選出三人組成,分別為理事長一名,理事兩名。

三、 理事長一職由理事會成員互選產生。

四、 本會對外之一切文件需由理事長簽署或由兩名理事聯署方為有效,若只是日常一般管理事宜則可由任何一名理事簽署。

五、 理事會每六個月召開一次,特別情況由理事長決定及安排。

六、 理事會根據大會所制定之方針及決議展開各項工作。

第十一條

監事會

一、 本會監督機構為監事會,由會員大會選出三人組成。

二、 監事會成員互選產生監事長,副監事長和監事各一人,任期三年,可以連任。

第十二條

監事會職責

監事會職責:

a)監督本會理事會的運作;

b)查核本會的財產;

c)就其監察活動編制年度報告;

d)履行法律及章程所載之其他義務。

第四章

財產與收入

第十三條

財產和收益用途

歸入本會擁有的財產和收益,只可運用於推動本會會務及目標上。

第十四條

經費來源

本會經費主要來源是會員的入會基金和會費,資助及捐贈,以及本會物業及財產的全部收益。

私人公證員 李奕豪

Cartório Privado, em Macau, aos cinco de Julho de dois mil e doze. — O Notário, Pedro Leal.


BANCO COMERCIAL PORTUGUÊS, S.A.

Sucursal de Macau

Balancete do razão em 30 de Junho de 2012

O Técnico de Contas, O Director Geral,
António Lau José João Pãosinho

AMERICAN INTERNATIONAL ASSURANCE COMPANY (BERMUDA) LIMITED

(Constituída nas Bermudas com responsabilidade limitada)

Sucursal de Macau

Publicações ao abrigo do n.º 3 artigo 86.º do Decreto-Lei n.º 27/97/M, de 30 de Junho

Balanço em 30 de Novembro de 2011

Patacas

Patacas

Conta de exploração (ramo vida) para o exercício findo em 30 de Novembro de 2011

Patacas

Conta de ganhos e perdas para o exercício findo em 30 Novembro de 2011

Patacas

A Contabilista, Director Executivo — Sucursal de Macau,
Isabella Fong I Ieng Chris Chuk Ho Ma

Sumário do relatório das actividades do ano de 2011

AIA Group Limited e AIA Macau alcançaram um novo recorde de desempenho da sua actividade no ano de 2011. A celebração do seu 30.º aniversário no território foi também um marco histórico para a AIA Macau. Várias actividades comemorativas e promoções foram lançadas durante o ano. Além disso, a empresa adquiriu a 31 de Janeiro de 2012, a totalidade da AIA Tower Macau, tornando-se a única companhia de seguros em Macau, detentora de edifício de escritório próprio.

Com os olhos no futuro, a AIA Macau vai continuar a concentrar-se nas seguintes 3 iniciativas fundamentais, nomeadamente: 1) Desenvolver AIA Premier Agency; 2) Colmatar o Protection Gap; 3) Desenvolver serviços centrados no cliente. Para reconhecer o continuado apoio e valorização por parte dos nossos clientes, iremos recrutar pessoal altamente competente e dar-lhes a formação necessária para que se tornem bons profissionais de seguros, habilitados a proporcionar aos nossos leais clientes um serviço da mais alta qualidade. Estamos empenhados em satisfazer as necessidades dos nossos clientes nos próximos 30 e mais anos através de produtos inovadores e serviços ao cliente de qualidade. Juntos, teremos um futuro brilhante.

«AIA Macau» refere-se à American International Assurance Company (Bermuda) Ltd. — Sucursal em Macau.

Relatório do auditor independente sobre as demonstrações financeiras resumidas

Para a Gerência da American International Assurance Company (Bermuda) Limited — Sucursal de Macau
(Constituída nas Bermudas com responsabilidade limitada)

As demonstrações financeiras resumidas anexas da American International Assurance Company (Bermuda) Limited — Sucursal de Macau (a «Sucursal»), referentes ao exercício findo em 30 de Novembro de 2011, resultam das demonstrações financeiras auditadas da Sucursal referentes ao exercício findo naquela data. Estas demonstrações financeiras resumidas, as quais compreendem o balanço em 30 de Novembro de 2011 e a demonstração dos resultados do exercício findo naquela data, são da responsabilidade da Gerência da Sucursal. A nossa responsabilidade consiste em expressar uma opinião, unicamente endereçada a V. Exas. enquanto Gerência, sobre se as demonstrações financeiras resumidas são consistentes, em todos os aspectos materiais, com as demonstrações financeiras auditadas, e sem qualquer outra finalidade. Não assumimos responsabilidades nem aceitamos obrigações perante terceiros pelo conteúdo deste relatório.

Auditámos as demonstrações financeiras da Sucursal referentes ao exercício findo em 30 de Novembro de 2011 de acordo com as Normas de Auditoria e Normas Técnicas de Auditoria emitidas pelo Governo da Região Administrativa Especial de Macau, e expressámos a nossa opinião sem reservas sobre estas demonstrações financeiras, no relatório de 18 de Maio de 2012.

As demonstrações financeiras auditadas compreendem o balanço em 30 de Novembro de 2011, a demonstração dos resultados, a demonstração de alterações no capital próprio e a demonstração dos fluxos de caixa do exercício findo naquela data, e um resumo das principais políticas contabilísticas e outras notas explicativas.

Em nossa opinião, as demonstrações financeiras resumidas são consistentes, em todos os aspectos materiais, com as demonstrações financeiras auditadas da Sucursal.

Para uma melhor compreensão da posição financeira da Sucursal e dos resultados das suas operações, e do âmbito da nossa auditoria, as demonstrações financeiras resumidas devem ser lidas em conjunto com as demonstrações financeiras auditadas e com o respectivo relatório do auditor independente.

Tsang Cheong Wai
Auditor de contas
PricewaterhouseCoopers

Macau, aos 18 de Maio de 2012.


SUN HUNG KAI INVESTMENT SERVICES LIMITED (SUCURSAL DE MACAU)

Demonstração de resultados referente ao exercício de 1 de Janeiro de 2011 a 31 de Dezembro de 2011

(Publicações ao abrigo do artigo 76.º do RJSF, aprovado pelo Decreto-Lei n.º 32/93/M, de 5 de Julho)

MOP

Gerente da Sucursal de Macau, Gerente de Operações da Sucursal,
Yung Pui Sze Mok Kim Wa

Balanço em 31 de Dezembro de 2011

(Publicações ao abrigo do artigo 76.º do RJSF, aprovado pelo Decreto-Lei n.º 32/93/M, de 5 de Julho)

MOP

Síntese do relatório de actividade

Resultados financeiros

A Sun Hung Kai Investment Services Limited — Sucursal de Macau (a «Sucursal») registou um rendimento total para o ano findo em 31 de Dezembro de 2011 de MOP14 767,001 com um lucro líquido depois de impostos de MOP3 323, 197.

Actividades em revista

Devido à crise financeira global e à crise da dívida soberana europeia, a confiança do mercado e dos investidores no mercado bolsista tem sido enfraquecida. Para além do negócio de intermediação básico da Sucursal nas acções de Hong Kong, o negócio de intermediação que transacciona com outros produtos financeiros tais como opções e produtos ligados a acções também experimentaram um declínio em 2011. O rendimento operacional da Sucursal para o ano de 2011 diminuiu em 16% quando comparado com 2010; enquanto os custos operacionais têm tido uma ligeira improvisação.

Desenvolvimento da actividade

Em 2011, a Sucursal de Macau organizou e participou vários seminários de maior ou menor escala sobre investimentos e gestão de fundos. Continuaremos activamente tomar parte em actividades similares num futuro próximo com o objectivo de servir os residentes de Macau como a nossa missão. Iremos também alargar formação e promoção do profissionalismo aos agentes e consultores locais de gestão financeira e intermediação através do nosso conhecimento de investimento profissional e plataforma compreensiva do produto, para oferecer serviços de gestão financeiro «one-stop» e diversificação dos produtos de investimento para os nossos clientes identificados. A Sucursal continuará recrutar especialistas financeiros e activamente dará formação aos graduados da universidade local para tornarem-se consultores de gestão financeiros e profissionais qualificados com o intuito de promover a educação da comunidade na gestão de fundos e contribuir com o nosso esforço para o desenvolvimento da indústria financeira de Macau.

Actuando como uma intermediária financeira de liderança, o Grupo Financeiro Sun Hung Kai persistentemente olha para o futuro e trabalha para alcançar o valor intrínseco de «Excelência, Integridade, Prudência, Profissionalismo, Inovação». Como membro do grupo, a Sucursal de Macau segue o mesmo caminho para oferecer aos residentes de Macau serviços de mais alta qualidade.

Síntese do parecer dos auditores externos

Para a gerência da Sun Hung Kai Investment Services Limited (Sucursal de Macau)

Procedemos à auditoria das demonstrações financeiras da Sun Hung Kai Investment Services Limited (Sucursal de Macau) relativas ao ano de 2011, nos termos das Normas de Auditoria e Normas Técnicas de Auditoria da Região Administrativa Especial de Macau. No nosso relatório datado de 29 de Junho de 2012, expressámos uma opinião sem reservas relativamente às demonstrações financeiras das quais as presentes constituem um resumo.

As demonstrações financeiras a que acima se alude compreendem o balanço, à data de 31 de Dezembro de 2011, a demonstração de resultados, a demonstração de alterações no capital próprio e a demonstração de fluxos de caixa relativas ao ano findo, assim como um resumo das políticas contabilísticas relevantes e outras notas explicativas.

As demonstrações financeiras resumidas preparadas pela gerência resultam das demonstrações financeiras anuais auditadas a que acima se faz referência. Em nossa opinião, as demonstrações financeiras resumidas são consistentes, em todos os aspectos materiais, com as demonstrações financeiras auditadas.

Para a melhor compreensão da posição financeira da Sun Hung Kai Investment Services Limited (Sucursal de Macau) e dos resultados das suas operações, no período e âmbito abrangido pela nossa auditoria, as demonstrações financeiras resumidas devem ser lidas conjuntamente com as demonstrações financeiras das quais as mesmas resultam e com o respectivo relatório de auditoria.

Quin Va
Auditor de Contas
Deloitte Touche Tohmatsu — Sociedade de Auditores

Macau, aos 29 de Junho de 2012.


SOCIEDADE DE TRANSPORTES COLECTIVOS DE MACAU, SARL

Demonstração de resultados

Em 31 de Dezembro de 2011

 

MOP

   

Réditos

135 315 989

   

Outros rendimentos operacionais

1 712 955

Gastos com o pessoal

(69 238 096)

Depreciação

(10 314 264)

Outros gastos operacionais

(56 372 706)

   

Resultado operacional

1 103 878

Gastos financeiros

(975 329)

Rendimento de investimento

4,039

Outros ganhos e perdas

617,761

   

Resultado operacional antes de impostos

750 349

Imposto sobre o rendimento

(90 022)

   

Resultado operacional do exercício

660 327

   

Balanço

Em 31 de Dezembro de 2011

 

MOP

Activos não correntes

 
   

Activos imobilizado

51 152 154

Adiantamento para aquisição imobilizada

13 542 440

 

64 694 594

   

Activos correntes

 

Inventários

6 430 972

Dívidas comerciais e outras dívidas a receber

22 342 038

Caixa e equivalentes de caixa

43 852 075

 

72 625 085

   

Passivos correntes

 

Dívidas comerciais e outras dívidas a pagar

24 731 591

Empréstimo a pagar aos accionistas — inferior a um ano

7 357 143

Provisão p/ imposto s/ rendimento

90 042

 

32 178 776

   

Activos correntes líquidos

40 446 309

   

Passivos não correntes

 

Empréstimo a pagar aos accionistas — superior a um ano

44 142 857

   

Activos líquidos

60 998 046

   

Capital e reservas

 

Capital

30 000 000

Reservas

4 266 448

   

Resultados acumulados

26 731 598

Capital próprio

60 998 046

   

Síntese do Relatório do Conselho de Administração

Em cumprimento da legislação em vigor na RAEM e dos Estatutos da Sociedade de Transportes Colectivos de Macau, S.A.R.L. (doravante designada simplesmente por «TCM»), é apresentado o presente Relatório de Actividades e Contas do exercício de 2011, com vista à sua apreciação e votação. Em conformidade com as instruções e recomendações feitas pelos accionistas em anterior Assembleia Geral, o Conselho de Administração e a Comissão Executiva desenvolveram, ao longo do ano de 2011, várias actividades, designadamente:

1. Em articulação com o início de funcionamento do novo model de serviços de autocarros dos transportes públicos de Macau, ocorrido em 1 de Agosto de 2011, a TCM renovou a sua frota adquirindo 63 novos autocarros em conformidade com a Norma Euro 4.

2. A TCM aumentou em grande medida os níveis do salário dos seus trabalhadores, tendo sido o salário dos condutores sujeito a um aumento superior a 40%. Além da manutenção do actual sistema de pensão de aposentação aos trabalhadores, a TCM estabeleceu novas regalias a todos os trabalhadores residentes, incluindo o fundo de previdência e o seguro de doença.

3. Ao longo do ano, foram renovadas as actuais instalações do escritório e oficinas e adquiridos mais equipamentos e ferramentas para a manutenção e reparação dos veículos pesados, o que aumentou em grande escala a qualidade do ambiente do escritório e das oficinas, bem como a eficácia do trabalho.

4. Foi reforçada a formação dos condutores no que respeita às regras de segurança e à prestação de serviços e efectuada formação aos trabalhadores da área de manutenção/reparação, com padronização das respectivas actividades.

Devido à subida acentuada do salário dos motoristas em Macau e do preço dos combustíveis e outras causas, desde Agosto de 2011 que a TCM deixou de ter lucros e passou a sofrer prejuízos. Desde 1 de Agosto de 2011 até 31 de Dezembro de 2011, são de MOP 15 620 000 os prejuízos acumulados antes do imposto na prestação do serviço público de transportes ao abrigo do contrato relativo à Secção III. O lucro do exercício, líquido de impostos, é de apenas MOP 660 327,00. O Conselho de Administração propõe que os referidos resultados apurados no exercício de 2011 sejam transitados para o ano seguinte.

O Conselho de Administração aproveita para agradecer a todos aqueles que têm apoiado directa ou indirectamente a nossa Sociedade, designadamente aos trabalhadores, por todos os esforços despendidos em prol da TCM. Apesar das actuais dificuldades enfrentadas pela Sociedade nas suas actividades, a TCM, com o grande apoio dos accionistas, vai certamente persistir no seu compromisso com o serviço de autocarros dos transportes públicos de Macau, aumentando continuamente o investimento, bem como a qualidade e o nível de segurança do serviço prestado pelos trabalhadores, a fim de reforçar a prestação aos cidadãos de melhores serviços de autocarros dos transportes públicos.

Pelo Conselho de Administração.

Macau, aos 29 de Março de 2012.

Síntese do parecer do Conselho Fiscal

O Conselho de Administração da Sociedade de Transportes Colectivos de Macau, S.A.R.L. (a «Sociedade») submeteu ao Conselho Fiscal o Relatório e Contas, referentes ao exercício de 2011, para análise e emissão do respectivo parecer.

Tendo o Conselho Fiscal analisado e apreciado o relatório e contas da Sociedade do referido ano, e tendo-se também inteirado da situação da actividade da Sociedade desse ano, o Conselho Fiscal considera que as demonstrações financeiras divulgam adequadamente todas as informações em causa, bem como a situação financeira da Sociedade. Além disso, o relatório do auditor externo mostra que as referidas demostrações financeiras dão uma imagem verdadeira e apropriada, em todos os aspectos relevantes, da posição financeira da Sociedade, em 31 de Dezembro de 2011.

Nestes termos, é de opinião do Conselho Fiscal que os referidos documentos estão em condições de merecer aprovação em Assembleia Geral.

Pelo Conselho Fiscal, Zhuang jing.
Presidente

Aos 27 de Abril de 2012.

Relatório do auditor independente sobre demonstrações financeiras resumidas

Para os accionistas da Sociedade de Transportes Colectivos de Macau, S.A.R.L.(Sociedade anónima incorporada em Macau)

Procedemos à auditoria das demonstrações financeiras da Sociedade de Transportes Colectivos de Macau, S.A.R.L. relativas ao ano de 2011, nos termos das Normas de Auditoria e Normas Técnicas de Auditoria da Região Administrativa Especial de Macau. No nosso relatório, datado de 27 de Abril de 2012, expressámos uma opinião sem reservas relativamente às demonstrações financeiras das quais as presentes constituem um resumo.

As demonstrações financeiras a que acima se alude compreendem o balanço, à data de 31 de Dezembro de 2011, a demonstração de resultados, a demonstração de alterações no capital próprio e a demonstração de fluxos de caixa relativas ao ano findo, assim como um resumo das políticas contabilísticas relevantes e outras notas explicativas.

As demonstrações financeiras resumidas preparadas pela gerência resultam das demonstrações financeiras anuais auditadas e dos livros e registos da Sociedade. Em nossa opinião, as demonstrações financeiras resumidas são consistentes, em todos os aspectos materiais, com as demonstrações financeiras auditadas e dos livros e registos da Sociedade.

Para a melhor compreensão da posição financeira da Sociedade e dos resultados das suas operações, no período e âmbito abrangido pela nossa auditoria, as demonstrações financeiras resumidas devem ser lidas conjuntamente com as demonstrações financeiras das quais as mesmas resultam e com o respectivo relatório de auditoria.

Lei Iun Mei, Auditor de Contas.

KPMG

Macau, aos 27 de Abril de 2012.


中國太平保險(澳門)股份有限公司

資產負債表

二零一一年十二月三十一日

(澳門幣)

營業表

二零一一年度

(澳門幣)

損益表

二零一一年度

(澳門幣)

總經理 會計
姜宜道 王國蓉

二零一一年度業務發展簡報

面對2011年複雜多變的外部環境,在支柱行業的強勁帶動,澳門整體經濟保持了較快發展,保險業2011年保費收入錄得穩定增長,非人壽保費收入為12.14億澳門幣,同比增長11.76%。中國太平保險(澳門)股份有限公司透過提供多元化和綜合性的金融保險服務,為客戶提供優質的服務,2011年毛保費收入上升11.37%至3.33億澳門幣,佔澳門非壽險市場總收入27.46%及繼續保持在市場的領先地位。

中國太平保險(澳門)股份有限公司奉行嚴謹的承保策略及保持主要險種高續保率的良好記錄,使本公司繼續保持良好的承保業績。憑藉較強的分銷網絡、良好的信譽、優良的管理水平,A.M. Best Co.確認本公司的財務實力為A-(優秀),發行人的信貸評級為「a-」,前景評級均為正面。

中國太平保險(澳門)股份有限公司將繼續深入貫彻落實科學發展觀,堅持追求價值持續增長的理念,深化價值管理,完善以客戶為中心的運營模式和可持續盈利模式,不斷提高專業化運作能力、整體盈利能力和可持續發展能力,打造中國太平的核心競爭優勢!

監事會報告書

本監事會已閱悉中國太平保險(澳門)股份有限公司二零一一年度經審核財務報告及披露資料,並無發現任何違反法律及公司章程之重大事宜。

本監事會相信該等財務資料足以公平地表達中國太平保險(澳門)股份有限公司之業務活動,而賬目亦符合法律及法定條款。

基於上述的審查及結論,本監事會同意受納董事會呈交之經審核財務報告及披露資料。

本會建議各股東通過:

(1)核數師報告、董事會報告及二零一一年財務報表;

(2)營業結餘分配建議。

二零一二年四月十六日

監事會

領導架構

股東大會執行委員會
主席: 中國太平保險集團(香港)有限公司 (代表人:孟昭億)
秘書: 王國蓉
董事會  
董事長 孟昭億
董事 姜宜道
董事 于曉東
監事會  
主席: 陳默
委員: 梁國傑
委員: 張少東

主要股東

股東名稱 持股量 百分率
中國太平保險集團(香港)有限公司 784,000 98%

外部核數師意見書之概要

致 中國太平保險(澳門)股份有限公司全體股東
(於澳門註冊成立之股份有限公司)

本核數師行已按照澳門特別行政區之《核數準則》和《核數實務準則》完成審核中國太平保險(澳門)股份有限公司截至二零一一年度之財務報表,並已於二零一二年四月五日就該等財務報表發表了無保留意見的報告。

上述已審核的財務報表由二零一一年十二月三十一日之資產負債表及截至該日止年度之損益表、權益變動表及現金流量表組成,亦包括重大會計政策概要和其他說明性附註。

隨附由管理層編制的摘要財務報表是上述已審核的財務報表的撮要內容,本行認為摘要財務報表的內容,在所有重要方面,與已審核的財務報表的內容一致。

為更全面瞭解中國太平保險(澳門)股份有限公司的財務狀況和經營結果以及核數工作的範圍,隨附的摘要財務報表應與已審核的財務報表以及獨立核數師報告一併參閱。

馬健華
註冊核數師
德勤.關黃陳方會計師行

澳門

二零一二年四月五日


    

Versγo PDF optimizada para Adobe Reader 7.0 ou superior.
Get Adobe Reader