< ] ^ ] 

    

[ Página Anterior ][ Versão Chinesa ]

REGIÃO ADMINISTRATIVA ESPECIAL DE MACAU

Anúncios notariais e outros

1.º CARTÓRIO NOTARIAL DE MACAU

CERTIFICADO

澳門超凡舞蹈藝術學會

為公佈之目的,茲證明上述社團設立章程文本自二零零四年六月十四日起,存放於本署的社團及財團存檔文件內,檔案組1號41/2004,有關的條文內容如下:

章程

第一條——本社團中文名稱為“澳門超凡舞蹈藝術學會”,葡文名稱為“Associação Artística de Dança Suprema de Macau”,英文名稱為“Macao Artistic Association of Supreme Dance”。

第二條——本學會分別設有青年部(年齡為12歲以上)及成人部(年齡為18歲以上)。

第三條——本學會設於澳門美副將大馬路5號翡翠園第二期2樓L座。

第四條——本會成立目的為熱愛跳舞之青少年或成年人除了認識書本上之知識外,還能啟發自己的跳舞創意及興趣,促進各愛舞者對外之舞蹈交流活動,並提高對任何舞蹈有興趣之青少年或成年人之參與。

第五條——本社團為一非牟利組織。

第六條——所有對舞蹈有興趣之青少年或成年人,無分國籍,若願意遵守本學會之規章,均可申請成為會員。

第七條——申請入會之手續:申請人必須填妥申請表格及簽署,附一吋半照片兩張及身份証影印本,並繳交會費(25歲或以下之人士免費),待本會批核。

第八條——會員之權利:

(a)參加會員大會,選舉幹事。

(b)參加本會舉辦之舞蹈活動。

(c)享受本會提供之福利。

第九條——會員之義務:

(a)應遵守本會章程,會員大會及理事會所通過之決定。

(b)會員應熱心推廣本會之跳舞交流活動,並提高本會在社會上之聲望。

(c)25歲或以上之會員須按時繳交會費。

第十條——罰則:

會員若違反本會章程或其行為有損本會聲譽,本會有權取消其會籍。

第十一條——會員大會是由所有會員組成,而會員可透過會員大會行使其權力,會員召集日期最少在十二天前以簽收形式通知,每年開會一次。

第十二條——除了法律另有規定外,決議是採用絕對多數投票通過。

第十三條——特別會員大會得隨時召開,並由理事負責召集。

第十四條——會員大會由一主席團主持,其成員為一位主席及一位秘書,任期三年,連選得連任。

第十五條——會員大會之職權:

(a)批准及更改章程。

(b)選舉理監事。

(c)決定本會的一切運作。

(d)審批本會年度報告書。

第十六條——理事會:

理事會由一位主席、一位副主席、一位秘書、一位財政及三位委員所組成,任期三年,連選得連任。

第十七條——理事會之職能:

(a)執行會員大會所有決議。

(b)處理本會業務及提交工作報告。

(c)管理及維持本會之運作。

第十八條——監事會:

監事會由一位主席、一位秘書及一位委員組成,任期三年,連選得連任。

第十九條——監事會之職權:

(a)審查所有理事會之行政事務。

(b)對理事會所提交之年度財務報告編制年度報告。

第二十條——收益:

本會收益來自會員之登記費、會費及其他團體或個人對本會之捐獻。

第二十一條——費用:

本會之費用只限制於所收到之收益範圍內。

第二十二條——如有遺漏事項,會員大會將保留最終決定權。

第二十三條——會徽:

本學會之會徽如下 :

與正本相符

二零零四年六月十四日於第一公證署

二等助理員 Maria Fátima Pedro


1.º CARTÓRIO NOTARIAL DE MACAU

CERTIFICADO

澳門創新發明協會

為公佈之目的,茲證明上述社團設立章程文本自二零零四年六月十一日起,存放於本署的社團及財團存檔文件內,檔案組1號39/2004,有關的條文內容如下:

名稱

第一條——中文名稱為:“澳門創新發明協會”。

第二條——英文名稱為:“Macao Innovation and Invention Association”。

會址

第三條——本會之會址設於文第士街1號B安輝大廈8樓B座。經理事會決議,本會會址可遷往本澳任何地方。

宗旨

第四條——本會宗旨為:

1.致力推動、推廣、鼓勵、提倡、協助本澳任何領域的創新及發明,促進社會重視創新及發明的意識,保護發明家專利權益。普及科學知識,開展青少年科技教育活動,並為發展科技進行資源的開發工作;

2.開展及參與本澳及各地有共同目標的文化、學術及社會活動團體的合作與交流,舉辦研討會和展覽會,為雙方會員提供互惠利益;

3.指導會員辦理專利權申請,協助會員把專利品商業化,出版發明/專利書刊,介紹最新資料及科技資訊;

4.促進澳門社會的安定繁榮及經濟發展;

5.維護會員合法的、正當的權益;

6.本會為非牟利社團組織。

成為會員的資格

第五條——凡澳門合法居民,不分國籍,性別及年齡,凡擁有發明專利或對創新及發明有興趣者,均可申請入會成為會員。

會員的權利與義務

第六條——會員的權利:

1.出席本會全體會員大會;

2.有投票權、選舉權與被選舉權;

3.參加本會舉辦之一切活動;

4.享受會員福利。

第七條——會員的義務:

1.遵守本會章程和決議;

2.向本會提供正確的聯絡資料(資料保密)。

章程之執行

第八條——任何違反會章及會員大會決議的行為,或有損本會利益者,理事會可作如下處理:

1.勸告;

2.書面警告;

3.予以追究。

全體會員大會

第九條——會員大會是本會最高權力架構,每年召開一次。在特殊情況下,經半數以上理事會成員或五分之一會員署名要求,亦可召開大會。開會時如人數不足半數,則應順延一小時舉行,屆時不論人數多少,會議如期舉行,決議則以出席者之絕對多數票通過為有效。會長壹人,通過會員大會民主選舉產生,任期三年,連選得連任。

全體會員大會的職能

第十條——全體會員大會的許可權:

1.審議年度報告;

2.修改章程;

3.選舉產生會長及理事會和監事會成員。

理事會

第十一條——理事會由不少於三名而總數永遠為單數成員組成,三年一任。由全體會員大會選出,理事會職位包括理事長一名、副理事長不少於三名、總數永遠為單數的理事組成及秘書一名、財務一名,由理事互選擔任。

1.根據會務發展需要,經理事會決議理事會可設立不同職能部門,各部門負責人及部委經理事互選產生。

2.除會長或理事長,或由會長或理事長授權外,不得以本會名義對外發表任何言論及意見;

3.理事會由理事長依章召開。

理事會的職能

第十二條——理事會的職能:

1.執行全體會員大會的決議;

2.向會員大會提交年度工作報告及財務報名;

3.召開全體會員大會,於開會前十天發出議程;

4.經理事會通過,本會可聘請社會知名人士、學者出任本會名譽會長、名譽顧問及顧問,並發給聘書。

監事會

第十三條——監事會由不少於三名而總數永遠為單數監事組成,三年一任,可連選連任,由互選產生監事長一名、副監事長兩名。

監事會的職能

第十四條——監事會的職能:

1.監察理事會之運作;

2.審查理事會之工作報告、財務報告及財產;

3.就其監察活動編制年度報告,履行法律及章程所載之其他義務;

4.監事會得要求理事會提供必要或適當之資源及方法,以履行其職務。

經費

第十五條——本會舉辦之活動及任何經費,如有需要時,經理事會通過,可向本會會員、社會人士、政府及團體機構等籌集之;本會亦可接受不附帶任何條件的捐獻或捐贈。

與正本相符

二零零四年六月十一日於第一公證署

二等助理員 Maria Fátima Pedro


1.º CARTÓRIO NOTARIAL DE MACAU

CERTIFICADO

«Igreja de Sheng Kung Hui Santo Estêvão de Macau»

Certifico, para efeitos de publicação, que se encontra arquivado, neste Cartório, desde onze de Junho de dois mil e quatro, sob o número quarenta barra dois mil e quatro do maço número um de documentos referentes a associações e fundações, um exemplar dos estatutos de alteração da associação supradenominada, do teor em anexo:

Artigo primeiro

(Denominação e sede)

A associação adopta a denominação de «Igreja de Sheng Kung Hui Santo Estêvão de Macau» em português,聖公會澳門聖士提反堂”(5110 0361 2585 3421 7024 5110 1102 2251 0646 1016) em chinês, e «Sheng Kung Hui Saint Stephen’s Church Macau» em inglês, doravante designada por Associação, e tem a sua sede em Macau, Taipa, Rua de Aveiro, n.os 125-133, edifício Kinglight Garden CC, r/c, «AM-AN», podendo por deliberação da Direcção deslocar a sua sede.

Está conforme.

Primeiro Cartório Notarial de Macau, aos onze de Junho de dois mil e quatro. — A Segunda-Ajudante, Maria Fátima Pedro.


2.º CARTÓRIO NOTARIAL DE MACAU

CERTIFICADO

藍地球協會,中文簡稱為“藍地球”

葡文名稱為“Associação da Planeta Azul”

英文名稱為“Blue Planet Association”,英文簡稱為“Blue Planet”

為公佈之目的,茲證明上述社團之章程已於二零零四年六月十一日,存檔於本署之2004/ASS/M1檔案組內,編號為63號,有關條文內容如下:

藍地球協會

Blue Planet Association

第一章

總則

第一條—— 本會名稱:藍地球協會,簡稱:藍地球;

葡文名稱:Associação da Planeta Azul;

英文名稱:Blue Planet Association,簡稱:Blue Planet 。

第二條—— 本會為非牟利組織,以推動環保、社會公益服務及文化藝術為宗旨。

第三條—— 會址設在俾利喇街52號地下。

第二章

會員資格權利與義務

第四條—— 凡申請入會者須填具表格,經理事會通過並發給會員證。

第五條—— 凡會員不遵守會章,影響本會聲譽及利益,經理事會通過得取消會員資格,所繳交任何費用概不發還。

第六條—— 本會會員有選舉權及被選舉權,參加本會舉辦一切活動及享有本會一切福利。

第三章

組織及職權

第七條—— 會員大會為本會最高權力機構,決定及檢討本會一切會務,推舉會長一人並選舉理事及修訂本會章程。

第八條—— 會長負責領導本會工作,任期三年,連選得連任。

第九條—— 理事會由單數成員組成,理事長由全體理事互選產生,任期三年,連選得連任。

第十條—— 理事會負責執行會員大會決議,制訂會員入會會費及年費,管理日常會務及提交工作報告。

第十一條—— 監事會主席由會員大會選舉產生,監事會由三位成員組成,包括壹名主席和兩名委員。任期三年,連選得連任。監事會負責監督行政決策,會務運作,審核財務狀況。

第十二條—— 會員大會每年舉行一次,由應屆理事長召開。

第四章

經費

第十三條—— 本會各項經費,由會員年費、基金、會員或非會員之捐獻,政府或其他機構資助,全部收支帳目由理事會審核,每年向會員公佈,創會經費由會長及理事長墊支。

第十四條—— 理事會須以本會名義,在銀行開設戶口,戶口之使用須由當屆會長,理事長簽署及加蓋本會印鑑才為有效。

第五章

附則

第十五條—— 本會章程解釋權屬理事會。

第十六條—— 本章程如有未盡善處,由會員大會會議議決修改章程。

第十七條—— 本會印鑑。

Está conforme.

Segundo Cartório Notarial de Macau, aos onze de Junho de dois mil e quatro. — A Ajudante, Chok Seng Mui.


2.º CARTÓRIO NOTARIAL DE MACAU

CERTIFICADO

澳門青少年培訓中心

英文為“Macao Training Center for Juvenile Abbreviation MTCJ”

為公佈之目的,茲證明上述社團的章程之修改文本已於二零零四年六月十日,存檔於本署之2004/ASS/M1檔案組內,編號為62號,有關修改之條文內容如下:

1.0.0 名稱:

1.1.0 本單位定名為“澳門破繭青少年協會”,英文為“Macau Crash-out Cocoon Teen Association”,簡稱為“MCCTA”。

1.2.0 本協會設在澳門黑沙環騎士大馬路福海花園福康閣3樓N。

Está conforme.

Segundo Cartório Notarial de Macau, aos dez de Junho de dois mil e quatro. — A Ajudante, Chok Seng Mui.


CARTÓRIO PRIVADO MACAU

CERTIFICADO

澳門民航學會

為公佈之目的,茲證明上述組織社團之章程文本自二零零四年六月十一日起,存放於本署之2/2004號檔案組內,並登記於第1號“獨立文書及其他文件之登記簿冊”內,編號為5號,該章程內容載於附件之證明書內並與原件一式無訛。

澳門民航學會

章程

第一章

一般規定

第一條

名稱,性質及期限

“澳門民航學會”,葡文名稱:Instituto de Aviação Civil de Macau,英文名稱:Institute of Macao Civil Aviation(以下簡稱“本會”),屬非牟利社團,其存續不設期限。本會將受本章程及澳門現行有關法律條款管轄。

第二條

住所及辦事處

本會設於澳門新口岸北京街廣發商業中心7樓D座,可根據需要設立辦事處。經理事會批准,本會會址可遷至澳門任何其他地方。

第三條

宗旨

本會的宗旨為:

(1)研究、收集、出版有關澳門以及外地與民航活動有關的資料;

(2)開展、推廣有關澳門民航學術交流的各種活動;

(3)團結澳門各團體,舉辦各種愛國愛澳活動。

第四條

與其它實體結合

為了發展其宗旨,本會可和本地或外地的任何公共或私人實體聯合,尤其是參資任何公司。

第二章

會員

第五條

會員

(一)本會有以下三種會員:

(1)永久會員;

(2)普通會員;

(3)通訊會員。

(二)永久會員應具有碩士或以上學歷;

(三)普通會員應具有大專或以上學歷,或在民航業有比較突出的工作業績或研究成果;

(四)通訊會員為非澳門本地居民而在國內外民航業界享有崇高聲譽者。

(五)凡符合上述條件,贊同本會宗旨,接受本會章程之人士,均可由本會邀請或經申請獲理事會批准後成為會員。

(六)本會創會會員為本會當然永久會員。

第六條

會費

除通訊會員無需繳納任何費用外,所有會員均需每年繳付會費。

第七條

會員的權利和義務

會員有以下權利和義務:

(1)有權出席本會會員大會,提出意見或建議,作出表決,可參與和協助本會舉辦之一切活動;

(2)有提出不同意見的權利和退會的權利;

(3)永久會員和普通會員享有選舉權和被選舉權;

(4)永久會員可被選為會長、副會長、理事長和監事長;

(5)遵守本會章程和會員大會的決議;

(6)按時交納會費;

(7)優先於非會員享用本會提供的服務及參與其開展的活動;

(8)保持行為莊重及不作出有損本會或其他會員的行為;

(9)接受被推選的職務和履行被賦予的在本會職責,但有合理的拒絕原因除外;及

(10)參與、宣傳及協助發展由本會倡導的事務。

第八條

喪失會員資格

(一)以下人士喪失會員資格:

(1)自動要求理事會取消其資格者;

(2)如無特別理由二年以上不交會費者;

(3)言行舉止導致本會遭受嚴重損失或直接或間接損害本會聲譽者;

(4)違反澳門法律、法規或不遵守本章程及規章的規定或多次不服從有權限機關作出的決議者。

(二)會員的開除由理事會議決,但上款(1)項的情況除外。

(三)會員的開除引致有關會員權利的喪失。

第三章

本會的機關

第九條

本會的機關

本會的機關為:

l)會員大會;

2)理事會;及

3)監事會。

第一節

第十條

會員大會

(一)會員大會為本會最高權力機構。

(二)由會員大會選舉會員大會主席團、理事會及監事會成員。

(三)會員大會的會議由大會主席團主持,主席團是由一名會長、兩名副會長和一名秘書組成。

(四)會長之職責在於召集和主持大會。副會長之職責在於協助會長及會長因事缺席時代行會長職務。秘書之職責在於協助會長及副會長工作及作大會之會議記錄。

(五)會員大會主席團每屆任期三年,可連選連任。

第十一條

權限

會員大會的權限為:

(1)訂定本會的工作方針;

(2)對於理事會提交的報告和帳目及監事會對有關經營年度作出的意見書進行審議和表決;

(3)對理事會明確提交的所有事宜進行議決;

(4)選出和罷免本會機關成員;

(5)就會員對理事會的決議提出的上訴進行裁決;

(6)對本章程及規章的修改作出決議,監督其執行及解釋其意義,並解決遺漏情況;及

(7)對本會的解散作出決議。

第十二條

會議

(一)會員大會於每年第一季度召開平常會議,通過理事會提交的有關上一年的報告及帳目和監事會提交的意見書,並進行倘有之機關成員的選舉。

(二)經主席團會長、理事會理事長、監事會監事長或持有至少五分之三正式會員召集,即可召開會員大會特別會議。

第十三條

召集

(一)會員大會由主席團會長負責召開,若會長不能視事時,由副會長代任。召集須以電傳及以掛號信的形式提前至少15天寄往會員的住所或透過由會員簽收之方式代替,該召集書內應註明會議召開的日期、時間、地點和議程。

(二)特別大會須最少提前8日按上述方式作出通知。

第十四條

法定人數

(一)如屬首次召集,出席人數至少得為會員總數的半數,大會才可進行議決。

(二)第一次召開時,如法定人數不足,則於半小時後作第二次召開,屆時則不論出席之會員人數多少均視為有效。

(三)會員可以委托他人代表參加會議,在這種情況下,僅須將委托信交給主席團會長。

第十五條

決議

(一)會員大會的決議須經出席會議會員的多數票通過,但下款的規定除外。

(二)修改章程及解散本會等決議,均須經會員在特別為該目的而召集的會員大會以四分之三票數通過。

第二節

理事會

第十六條

組成

(一)理事會由理事長一名、副理事長若干名和理事若干名組成,其數目總數為單數,其組成成員由理事會互選產生;

(二)理事會下設常務理事,人選由理事互選兼任;

(三)理事會每屆任期三年,可連選連任。

第十七條

權限

理事會的權限為:

(1)執行會員大會通過的決議;

(2)根據會員大會訂定的工作方針,策劃、組織和執行各項活動及預算;

(3)管理本會的財產,並以其認為最適當的方式運用之;

(4)處理日常會務及把每年度的業務報告及帳目提交會員大會通過;

(5)製作和通過內部運作規章;

(6)取得、轉讓和以任何方式約束本會,租出及租用不動產或動產;

(7)招請和解僱員工及訂定有關工作條件;

(8)對設立辦事處,參與其他公司和社團或加入國際組織等事項作出決議;

(9)對接納及開除會員作出決議;

(10)將一般管理權及權限授權他人行使,並監督其行使方式;

(11)為特定和具體的目的,設立受托人代表本會,而相關決議應指明所授予的權力及受托期限;

(12)經會長認為符合條件,本會得聘請社會知名人士為名譽顧問、名譽會長或學術顧問指導本會工作;及

(13)履行法律、本章程及規章所授予的其他職責。

第十八條

理事長的權限

(一)理事長的權限為:

(1)在法庭內外代表本會;

(2)領導理事會的工作,召集及主持相關會議;

(3)監督對決議正確執行的情況;

(4)行使章程及其他規章授予的其他權限。

(二)理事長可以將其權限內的權力授予理事會的任一名成員。

(三)副理事長協助理事長工作,理事長不能視事時。由副理事長暫代其職務。

第十九條

會議及決議

(一)理事會平常會議每三個月舉行一次,由理事長負責召開;

(二)特別會議由理事長或理事會任一名成員召集而召開。

(三)理事會的決議須經出席會議會員的半數以上票數通過,票數相同時,理事長具有決定性一票。

第二十條

本會的簽名方式

(一)由理事長及任何一位理事會成員二人聯簽即可約束本會。

(二)對於普通文書,僅須理事會的任何一名成員簽名即可。

(三)理事會可議決以機械方式或蓋上印章用以取代成員在本會的某些文件上簽名。

第三節

監事會

第二十一條

組成

(一)監事會由三名以上成員組成,由監事長一名、副監事長若干名和監事若干名,其數目總數為單數;

(二)監事長由監事會成員互選產生,任期三年,可連選連任。

第二十二條

權限

監事會的權限為:

(1)監察理事會的經濟——財政管理,查核本會財政帳目、財產,並每年向會員大會遞交有關其監察活動編制年度報告;

(2)監督有關經濟——財政方面的決議的執行情況;及

(3)履行法律及章程所載之其他義務。

第二十三條

準用

有關理事會會議及決議的條文,經作出必要配合後,適用於監事會的運作。

第四節

共同規定

第二十四條

填補空缺

(一)按照以下方式填補機關成員的空缺:

(1)本會會員大會主席團如有空缺,則在空缺發生後的第一次會議上進行填補;

(2)理事會或監事會如有空缺,則由相應的機關在會員中增選。

(二)填補機關空缺的成員應完成其所替代的成員的任期。

第三章

財產及收入

第二十五條

財產

屬於本會的財產:

(1)會員的會費;

(2)轉讓予本會或本會本身活動中獲得的財產及權利;及

(3)法律許可收取的其他財產。

第二十六條

收入

屬於本會的收入:

(1)本會會員繳納的會費或捐助;

(2)社會人士捐助;

(3)政府機關資助。

第四章

解散

第二十七條

解散

作出解散本會的決議後,會員大會應指定一清盤委員會,訂定其地位及指明倘有之淨資產的歸屬。

第五章

其他事項

第二十八條

章程之解釋權

會員大會休會期間,本章程之解釋權屬理事會。

第二十九條—— 本章程遺漏事項根據澳門特別行政區法律處理。

第六章

最後規定

第三十條

機關成員的選舉

在本會成立後,由創始會員組成一個籌備委員會。該委員會享有本章程所賦予之所有權力,並負責招募會員,召開首次會員大會及在該大會上選出各機關成員。

第三十一條

會徽

本會將採用以下會徽:

二零零四年六月十一日於澳門特別行政區

私人公證員 林笑雲


CARTÓRIO PRIVADO MACAU

CERTIFICADO

 

晨 運 晚 運 之 友 總 會

為公佈之目的,茲證明上述名稱社團之章程文本自二零零四年六月十六日起,存放於本署之二零零四年《社團及財團儲存文件檔案》內第一卷第3號,並登記於第1號《獨立文書及其他文件之登記簿冊》內,編號為38號,有關條文內容載於附件:

晨運晚運之友總會

第一章

名稱、總部及宗旨

第一條——本會屬非牟利性質的團體,無存立期限,中文名稱為“晨運晚運之友總會”,並依澳門現行法律及本章程運作管理。

第二條——本會總部暫設於澳門祐漢第八街康泰樓058室地下,經理事會決議,會址可遷往澳門任何地點。

第三條——本會宗旨:1)加強體育團體的聯繫和交流;

2)舉辦各類體育康樂活動;

3)參與澳門各項公益、關心社群及社會活動。

第二章

會員

第四條——會員的資格及類別

本會會員分為創會會員、個人會員及團體會員。

1)創會會員:參與設立本會的會員;

2)個人會員:凡認同本會宗旨或經常參與本會活動的人士,經書面提出申請後由理事會審批入會之會員;

3)團體會員:已在負責監管體育活動的政府部門登記並經理事會審批入會之團體。

4)本會可邀請傑出人士出任名譽會長及顧問,該等人士將不會直接參與本會之行政及管理事務。

第五條——會員權利

會員享有法定之各項權利外,尚有:

1)在會員大會表決以及選舉和被選;

2)批評、建議、質詢有關本會事宜;

3)出席會員大會及參加本會舉辦的一切活動。

第六條——會員義務

會員除應遵守法定之各項義務外,尚應:

1)遵守本會章程及執行一切決議事項;

2)協助、推動本會會務之發展及促進本會會員之間的合作;

3)按期交納入會費及周年會費;

4)出席會員大會及參加本會舉辦的一切活動。

第七條——會員退會

會員退會應前一個月書面通知理事會。

第八條——開除會籍

對違反本會章程或作出損害本會權益或聲譽行為的會員,經理事會決議酌情科以下列處分:

(一)口頭申誡;

(二)書面申誡;

(三)暫停會籍;

(四)開除會籍,對本項處分須經出席理事會會議人數的三分之二通過;

(五)對上述各項理事會作出之處分決議,有關之會員得向會員大會提出上訴。

第三章

會務機構

第九條——會務機構組成有:

a)會員大會;

b)理事會;

c)監事會。

會務機構成員由會員大會選出,由所有完全享有會員權利的會員組成,每屆任期為兩年,可連選連任。

第十條——會員大會成員及運作

一、會員大會為本會最高權力機構,由全體會員所組成;

二、會員大會設主席團,其成員為一名會長、一名副會長、一名秘書。

三、會長兼任會員大會召集人,若會長出缺或因故不能執行職務,由副會長代行職務。

第十一條——會員大會的職權

會員大會除擁有法律所賦予之職權外,尚負責:

a)制定本會的活動方針;

b)審批修改本會章程;

c)審批理事會及監事會年度工作報告書和年度財政報告書。

第十二條——會員大會的運作

一、會員大會通常每年召開一次會議,由會長召集。理事會認為必要時或者三分之一或以上會員聯名提出明確的書面申請時,則召開特別會員大會。

二、會員大會第一次召集最少有一半會員出席,會員大會才可議決。

三、如果第一次召集少於法定人數,則於一小時後視為第二次召集之開會時間,屆時不論多少會員出席,會員大會即可議決。

四、會員大會表決議案,採取投票方式決定。每名創會會員或團體會員可投兩票,而每名個人會員可投一票。除本章程或法律另有規定外,任何議案均須出席會員所投之票總數的過半數通過,方為有效。

五、會員如不能參加大會,可委托其他會員代表出席。有關委託須以書面為之,並須在會議召開前二十四小時將委託書送達本會秘書處確認。

第十三條——理事會的組成

一、理事會為本會的最高管理機構,由九人至十三人組成,但人數必為單數。

二、理事會設理事長一人,副理事長二人,理事六至十人,其餘各理事之職務由理事會決議指定。

第十四條——理事會職權

(一)理事會除擁有法律所賦予之職權外,尚負責:

a)根據會員大會制定的方針,領導、管理和主持會務活動;

b)招收會員及審批入會申請;

c)制作年度工作報告書和財務報告書;

d)委任本會代表;

e)訂定入會費和每月會費;

f)根據會務進展需要聘請社會人士擔任本會的名譽職務;

g)實施在法律及本會章程內並無授予會內其它機關的職權。

(二)本會一切責任之承擔須經任何三位理事聯名簽署方為有效;而一般文書之交收則只需任何一位理事簽署。

第十五條——理事長及副理事長的權限

一、理事長的權限如下:

1)對外代表本會;

2)領導本會的各項行政工作;

3)召集和主持理事會會議。

二、副理事長的權限是協助理事長工作,並在其缺席或臨時不能視事時按序替代之,又或在理事長授權下代表理事長召集和主持會議。

第十六條——監事會

一、監事會為本會的監察機構,由會員大會選舉產生三至五人組成,但人數必為單數。

二、監事會設監事長一名、副監事長兩名。

第十七條——監事會的運作

一、監事會每年召開平常會議一次,監事長認為必要時或過半數成員提出請求時,則召開特別會議。

二、監事會行使法定職權尤其是:

a)監督本會行政管理機關的運作;

b)查核本會的財務;

c)就其監察活動編制年度報告;

d)履行法律及本會章程賦予的其他義務。

第四章

財務收入及其他

第十八條——以任何名義或來自會費、入會費、補助或捐贈的全部收益,均屬本會的收入來源。

與正本相符

二零零四年六月十六日於澳門特別行政區

私人公證員 石立炘

Paulino Comandante.


AIR MACAU
澳 門 航 空

COMPANHIA DE TRANSPORTES AÉREOS AIR MACAU S.A.R.L.

Balanço em 31 de Dezembro de 2003

(Em patacas)

Demonstração dos resultados

Exercício findo em 31 de Dezembro de 2003

(Em patacas)

O Gerente Geral O Director de Finanças
Fei Hourng Jiun Zhao Hongyu

Relatório do Conselho de Administração relativo ao exercício de 2003

De acordo com o estipulado por Lei e nos Estatutos da Sociedade, vimos submeter à vossa apreciação e votação na reunião do Conselho de Administração o relatório e contas relativos ao exercício findo a 31 de Dezembro de 2003, compreendendo o período de 1 de Janeiro a 31 de Dezembro de 2003, durante o qual foram desenvolvidas várias actividades de acordo com as disposições previstas nos estatutos da Sociedade.

O Conselho de Administração tem o prazer de apresentar o seu relatório anual juntamente com o parecer do Conselho Fiscal, bem como as contas devidamente verificadas relativas ao exercício findo a 31 de Dezembro de 2003.

A Sociedade foi constituída no dia 13 de Setembro de 1994 na forma de uma sociedade privada de responsabilidade limitada e a sua principal actividade é exploração de linhas aéreas internacionais de Macau, ao abrigo do contrato de concessão assinado em 8 de Março de 1995 com o Governo de Macau. A Sociedade iniciou a sua actividade no dia 9 de Novembro de 1995.

Na opinião dos directores, a epidemia SRAS que teve incidência sobre alguns dos mercados mais significativos da empresa, como o de Taiwan e o do Continente Chinês, afectou os resultados operacionais da empresa durante o exercício em questão.

O Conselho de Administração, em cumprimento do Artigo vinte e oito dos Estatutos, submete à apreciação e aprovação da Assembleia Geral da Sociedade, a seguinte proposta para aplicação dos resultados líquidos (negativos) de MOP 145,633,877:

Resultados líquidos (negativos)

A transitar para o exercício de 2004

MOP 145,633,877

Aos trabalhadores e colaboradores da Air Macau manifestamos o nosso apreço pela dedicação e profissionalismo sempre postos no desempenho das suas funções.

Aos Accionistas, Conselho Fiscal e Delegado do Governo, o Conselho de Administração agradece a colaboração e confiança sempre reiterada.

Macau, aos 31 de Março de 2004.

O Presidente do Conselho de Administração
Gu Tiefei

Parecer do Conselho Fiscal da Air Macau sobre o relatório e contas do Conselho de Administração relativo ao ano de 2003

De acordo com os Estatutos da Air Macau, o Conselho Fiscal elaborou este parecer sobre o relatório e contas do Conselho de Administração da Air Macau, relativo ao ano de 2003. O Conselho Fiscal examinou também as informações recebidas durante todo o ano dos auditores externos da Empresa, bem como o parecer dos mesmos sobre o relatório relativo ao ano de 2003.

Durante todo o ano, o Conselho Fiscal convocou as reuniões regulares previstas nos Estatutos da Air Macau e manteve o contacto considerado necessário com a Comissão Executiva e administradores da Empresa. Durante o ano em questão, o trabalho do Conselho Fiscal foi assistido pelos auditores externos na revisão e análise dos controlos internos e dos procedimentos da Empresa. Os relatórios trimestrais devidamente aprovados pelos auditores foram preparados e submetidos à análise do Conselho Fiscal. Vários assuntos relacionados com o controlo e os procedimentos internos foram levados à atenção da administração da Air Macau. O Conselho Fiscal realça ainda que a administração desenvolveu substanciais esforços para implementar certos procedimentos de fiscalização e medidas curativas. Apesar de alguns assuntos importantes estarem ainda por resolver, o Conselho Fiscal acredita que estes não afectam materialmente a posição financeira da Empresa. No entanto, a administração precisa de continuar a envidar esforços para melhorar o controlo interno e a gestão da empresa.

Durante o exercício de 2003 a empresa sofreu o impacto do SRAS nos seus serviços operacionais. No entanto, é de prever que tanto as oportunidades como os desafios venham a surgir no futuro, pelo que a empresa deveria procurar impor uma rigorosa política de controlo de custos, numa base diária, proceder a cortes na sua gestão interna e enfatizar a gestão da crise de forma a que a empresa se possa desenvolver e prosperar eficazmente.

O Conselho Fiscal, com base nos documentos recebidos, emite o parecer de que o relatório e contas relativo ao ano de 2003 reflecte com precisão a condição financeira da empresa e sugere a sua aprovação pelos accionistas.

Finalmente, o Conselho Fiscal não pode deixar de expressar o seu apreço pela cooperação e assistência dada por todos os directores gerais e gerentes da empresa.

Macau, aos 31 dias do mês de Março de 2004.

Presidente: Zhang Huilan.
Membro: Ho Man Sao.

Relatório dos auditores

Para os accionistas da
Companhia de Transportes Aéreos Air Macau, S.A.R.L.

Examinámos, de acordo com as Normas Internacionais de Auditoria, as demonstrações financeiras da Companhia de Transportes Aéreos Air Macau, S.A.R.L. referentes ao exercício findo em 31 de Dezembro de 2003 e a nossa opinião sobre as referidas demonstrações financeiras está expressa, sem reservas, no nosso relatório datado de 25 de Fevereiro de 2004.

Em nossa opinião, as contas anexas apresentadas de forma resumida são consistentes com as demonstrações financeiras acima referidas das quais elas resultaram.

Para uma melhor compreensão da posição financeira e dos resultados das operações da Companhia, relativamente ao exercício, as contas resumidas devem ser analisadas em conjunto com as correspondentes demonstrações financeiras anuais auditadas.

KPMG

Macau, aos 25 de Fevereiro de 2004.

Dados da Companhia  
Conselho de AdministraçãoComissão ExecutivaConselho Fiscal
PresidentePresidente em ExercícioPresidente
Gu TiefeiZhou GuangquanZhang Huilan
Vice-PresidenteVogaisVogais
Zhou GuangquanThomas H. K. TsangHo Man Sao
Michael ConollyWen Xiaoli Ip Hou Pak
 Brasão Antunes 
VogaisPansy Ho 
Thomas H. K. Tsang Chan Kuok Leong 
Wen Xiaoli  
Kang Zhouyuan  
Yang Yan  
Brasão Antunes  
Pansy Ho  
Chan Kuok Leong  
Ng Fok  

聯豐亨保險有限公司

營業表(非人壽保險公司)

二零零三年度

營業表(非人壽保險公司)

二零零三年度

損益表

二零零三年度

會計總經理
薛子群施子學

資產負債表

二零零三年十二月三十一日

澳門元

核數師報告

致 聯豐亨保險有限公司各股東

本核數師已根據國際審計標準審核聯豐亨保險有限公司截至二零零三年十二月三十一日止年度的財務報表,並在二零零四年三月四日就這些財務報表發表了無保留意見的報告。

依本核數師意見,隨附基於上述財務報表編制的帳項概要與上述財務報表相符。

為更全面了解該公司於年度間的財務狀況及經營業績,帳項概要應與相關的經審計年度財務報表一併參閱。

畢馬威會計師事務所

二零零四年三月四日於澳門

董事會暨監事會聯合報告書

本公司二零零三年度賬目已核算完畢,謹呈上該年度業務及財務報告。

業務範圍及營業概況

本公司於財政年度內經營一般保險業務。

二零零三年本公司毛保費收入為7,368萬澳門元(下同),較二零零二年增長10%,稅前盈利為1,089萬元,較二零零二年增長18%。

業績及分配

本公司營運結果列於財務報表一欄中之第三頁至十頁。

經董事會建議並獲監事會同意之利潤分配方案已列於損益表內。

董事及監事

本財政年度內董事成員為:馮嘉鋈、黎振強、譚民權、何厚鏗、陸永根、柴青山 (至二零零三年七月二十九日止)、蘇振輝 (自二零零三年七月三十日起)、永亨銀行有限公司、李展鴻、陳健波、馬秀立及施子學。

本財政年度內監事成員為:何鴻燊、誠興銀行有限公司及梁沛霖。

核數師

本公司財務報表由畢馬威會計師事務所查核完畢後,經監事會建議並於週年股東大會決議通過,復聘畢馬威會計師事務所為公司2004年度之核數師。

馮嘉鋈董事長 何鴻燊監事會主席

澳門二零零四年三月三十日

主要股東

股東名稱實收資本佔股比例
大豐銀行有限公司15,240,000.0038.10%
中國銀行澳門分行12,800,000.0032.00%
永亨銀行有限公司4,800,000.0012.00%
誠興銀行有限公司2,400,000.006.00%

本司出資超越有關機構資本5%之名單

機構名稱股份數目佔股比例
聯豐亨人壽保險股份有限公司225,00075%

股東大會執行委員會

主席:何厚鏗
副主席:永亨銀行有限公司
秘書:誠興銀行有限公司

董事會

董事長:馮嘉鋈
副董事長: 黎振強、譚民權
董事:何厚鏗、陸永根、李展鴻、永亨銀行有限公司
 馬秀立、柴青山(至2003年7月29日止)、
 蘇振輝(自2003年7月30日起)、陳健波、施子學

監事會

主席:何鴻燊
委員:誠興銀行有限公司、梁沛霖
總經理:施子學
副總經理:劉瑞霞
會計:薛子群

聯豐亨人壽保險股份有限公司

營業表(人壽保險公司)

二零零三年度

澳門元

損益表

二零零三年度

澳門元

會計總經理
薛子群施子學

資產負債表

二零零三年十二月三十一日

澳門元

核數師報告

致 聯豐亨人壽保險股份有限公司各股東

本核數師已根據國際審計標準審核聯豐亨人壽保險股份有限公司截至二零零三年十二月三十一日止年度的財務報表,並在二零零四年二月二十七日就這些財務報表發表了無保留意見的報告。

依本核數師意見,隨附基於上述財務報表編制的帳項概要與上述財務報表相符。

為更全面了解該公司於年度間的財務狀況及經營業績,帳項概要應與相關的經審計年度財務報表一併參閱。

畢馬威會計師事務所

二零零四年二月二十七日於澳門

董事會暨監事會聯合報告書

本公司二零零三年度賬目已核算完畢,謹呈上該年度業務及財務報告。

業務範圍及營業概況

二零零三年公司正式對外拓展業務,範圍包括經營人壽險產品及私人退休金管理。上述兩項業務首年之經營皆取得理想進展。

營運結果

本公司營運結果列於財務報表一欄中之第二頁至五頁。

董事及監事

本財政年度內董事成員為:馮嘉鋈、黎振強、陸永根、李德濂、李展鴻、甄錦及施子學。

本財政年度內監事成員為:伍華、馬秀立及梁沛霖。

核數師

本公司財務報表由畢馬威會計師事務所查核完畢,經監事會建議並於週年股東大會決議通過,復聘畢馬威會計師事務所為公司2004年度之核數師。

馮嘉鋈董事長

伍華監事會主席

澳門,二零零四年三月三十日

主要股東

股東名稱實收資本佔股比例
聯豐亨保險有限公司 22,500,000.00 75%
永亨保險代理有限公司  2,250,000.007.5%
本司出資超越有關機構資本5%之名單

股東大會執行委員會

主席: 聯豐亨保險有限公司
副主席:永隆保險有限公司
秘書: 廖創興保險有限公司

董事會

董事長:馮嘉鋈
副董事長:黎振強
董事:陸永根、李展鴻、李德濂
 甄錦、施子學

監事會

主席: 伍華
副主席:馬秀立
委員: 梁沛霖
 
總經理: 施子學
副總經理:鄭龍華
會計: 薛子群

TRANSMAC — TRANSPORTES URBANOS DE MACAU, S.A.R.L.

Relatório do Conselho de Administração de 2003

Senhores Accionistas,

Resultado do exercício

O lucro obtido pela Companhia no ano 2003 é de MOP 3 265 978,00.

Análise de operação

Devido à situação epidémica da «Pneumonia Atípica», a economia local sofreu grande decadência no primeiro semestre do ano 2003, que também afectou directamente as actividades da Companhia. Durante o período da «Pneumonia Atípica», o número de passageiros baixou substancialmente, causando grande pressão às actividades da Companhia. Felizmente, no segundo semestre, o Governo promoveu fortemente o turismo e o Governo Popular Central relaxou as restrições dos residentes do interior da China a visitar Hong Kong e Macau livremente, isto trouxe um aumento agradável de número de passageiros, e a economia integral de Macau conseguiu melhorar por conseguinte. As actividades da Companhia também foram beneficiadas no segundo semestre do ano 2003, além disso, com o controlo rigoroso de custo, o lucro do ano 2003 aumentou MOP 2 114 466 em relação ao do ano 2002.

As receitas das actividades do ano 2003 aumentaram 1% em relação às do ano anterior. O aumento de número de passageiros inclinava mais nos trajectos da Ilha da Taipa e das zonas novas da Areia Preta, pelo motivo do aumento do número de turistas da «Viagem Livre» no segundo semestre. Mas, o número de passageiros dos trajectos das zonas velhas da cidade diminuiu em relação ao do ano 2002.

A prevenção das despesas extraordinárias da «Pneumonia Atípica» e do aumento do preço de combustível, criou grande pressão sobre o aumento geral de custo de operação. Adoptando uma série de medidas de redução de despesas, a Companhia conseguiu controlar o custo de operação, entretanto, o valor de desvalorização diminuiu 4 milhões de patacas, por este motivo as despesas de operação do ano 2003 aumentaram somente 0,8% em relação às do ano 2002.

A Perspectiva do ano 2004

Os resultados das actividades do ano 2004 não serão optimistas, devido ao aumento do preço de combustível, do custo de operação e do aumento do valor de desvalorização originado pela substituição de automóveis de acordo com o plano. Num ambiente de actividades doente com os problemas do envelhecimento da rede de trajectos e dos percursos sobrepostos, a Companhia irá lutar activamente a fim de conseguir obter aprovação do Governo na optimização e reorganização da rede dos trajectos. Em 2004, a Companhia irá continuar com a promoção do 2.º Período do Plano de Transferência de Percursos, alargando os benefícios de transferência de percursos até aos percursos da cidade de Macau, a fim de melhorar a acessibilidade da rede e alargar a fonte de passageiros. Ao mesmo tempo, de acordo com o aumento de turistas, irá reforçar a propaganda dos percursos de autocarros e a promoção da imagem da Companhia, desenvolvendo activamente fontes de passageiros turistas. Em 2004, outro ponto chave da Companhia será de reforçar a unidade da equipa de empregados, estabelecendo uma cultura de empresa a base de pessoas e enforçar a formação profissional dos empregados da linha da frente, estabelecer serviços de boa qualidade acompanhando o avanço do tempo e pondo o cliente sempre no primeiro lugar.

Pelo Conselho de Administração, aos 19 de Março de 2004.
Liu Chak Wan, presidente.

Relatório do Conselho Fiscal

Senhores Accionistas,

De acordo com o estipulado nos estatutos da Companhia, o Conselho Fiscal apresenta por este aos sócios a sua opinião sobre o relatório financeiro do ano até ao dia 31 de Dezembro de 2003.

O Conselho Fiscal discutiu estreitamente com o Conselho de Administração sobre o desenvolvimento das actividades da Companhia, e fiscalizou cuidadosamente o relatório financeiro apresentado pelo Conselho de Administração e os respectivos documentos.

O Conselho Fiscal considera que o relatório financeiro apresentado pelo Conselho de Administração reflecte verdadeiramente e justamente a situação financeira da Companhia até 31 de Dezembro de 2003 e os resultados do ano até a referida data.

O Presidente do Conselho Fiscal, Chui Sai Cheong.

Aos 19 de Março de 2004.

Relatório do auditor

Senhores Accionistas,

Examinei os livros e as contas da Transmac — Transportes Urbanos de Macau, S.A.R.L. do ano 2003 e os respectivos relatórios financeiros daquele ano, de acordo com as normas de exame de contas oficialmente reconhecidas, e obtive todas as informações e explicações exigidas por mim.

Confirmo que não há situação de informação gravemente incorrecta nestes relatórios, e emiti o relatório com opiniões sem qualquer reserva. Considero que o relatório financeiro consegue reflectir verdadeiramente e justamente a situação financeira da vossa Companhia até 31 de Dezembro de 2003 e os resultados das actividades do ano até a referida data.

O Auditor, Lam Bun Jong.

Aos 10 de Março de 2004.

Balanço do exercício findo em 31 de Dezembro de 2003

Demonstração dos resultados do exercício de 2003

O Presidente,O Administrador,O Técnico de Contas,
Liu Chak WanLiu Hei WanKou Sin Chong

CGS — Macau Tratamento de Resíduos, Limitada

Relatório de gerência

A actividade da CGS em 2003

Durante o ano de 2003 foram processadas 244,952 toneladas de resíduos sólidos, que correspondem a uma média diária de 671 ton/dia. Isto representa um aumento de 2,3% em relação ao ano de 2002, com a tendência de crescimento nas entregas dos resíduos sólidos nivelando-se ligeiramente em relação aos 4,5% de aumento em 2002 (vs.2001). Isto pode ser atribuído a uma mitigação da recuperação económica como um resultado indirecto do «SRAS» no início do ano. No mesmo período foram enviadas para o aterro sanitário 46,353 toneladas de escórias e 5,616 toneladas de cinzas.

O total de energia exportada durante 2003 foi de 59.52 Gwh, a que corresponderam 243 Kwh/toneladas de resíduos e 8.75 toneladas de vapor/Mwh. A disponibilidade do grupo turbo-gerador foi de 98,7%.

De entre o desenvolvimento significativo e essencial dos projectos implementados em 2003, foi incluída a substituição do tubo superaquecedor final e secundário nas três caldeiras, com placas de protecção também instaladas a fim de prolongar a existência destes tubos futuramente. Em 2003 prosseguiu um programa instituído em 2001 para substituir o refractário nas zonas de combustão da fornalha, com novos materiais. Existia também um programa de 10 anos de desmontagem para inspecção da caixa redutora do turbo-gerador e reparação da válvula de controlo de temperatura do circuito da turbina e outros acessórios, durante a paragem anual de Março de 2003.

Perspectivas para 2004

O programa para controlar as áreas críticas da caldeira continuarão em 2004. O programa de manutenção será sobre a secção mais baixa do superaquecedor primário e das áreas nas paredes laterais junto ao topo da fornalha.

Está planeada uma inspecção do sistema de arrefecimento do turbo-gerador para o primeiro trimestre de 2004.

Para demonstrar publicamente e providenciar um progresso ininterrupto da qualidade do seu serviço, a CGS Macau continuará a sua preparação para obtenção da Certificação ISO9000/2000 para as Operações, ISO 14000 para cobrir os aspectos ambientais e OHSAS 18000 para actualizar o seu sistema de Saúde e Segurança.

Nos próximos anos está prevista a reparação e substituição de secções da caldeira sob pressão de vapor e sistemas da grelha.

Resultados de exercício

O encerramento financeiro do ano de 2003 releva um lucro de MOP 548,158.

Nota final

A gerência expressa os seus agradecimentos às autoridades da RAEM, aos quadros da empresa, aos fornecedores e aos bancos, pelo apoio, confiança e colaboração prestada.

Macau, aos 31 de Março de 2004.

Balanço sintético em 31 de Dezembro de 2003

Parecer dos auditores

Aos accionistas da CGS — Macau Tratamento de Resíduos, Limitada
(constituída em Macau)

Examinámos, de acordo com as Normas Internacionais de Auditoria, as demonstrações financeiras da CGS — Macau Tratamento de Resíduos, Limitada, referente ao exercício que terminou em 31 de Dezembro de 2003, e a nossa opinião sobre as demonstrações financeiras está expressa, sem reservas, no nosso relatório datado de 31 de Março de 2004.

Em nossa opinião, as contas financeiras resumidas estão de acordo com as demonstrações financeiras atrás referidas das quais elas resultaram.

Para uma melhor compreensão da posição financeira e dos resultados das operações da Companhia, durante o exercício, as contas financeiras resumidas devem ser analisadas em conjunto com as correspondentes demonstrações financeiras auditadas do ano.

Deloitte Touche Tohmatsu

31 de Março de 2004.


ENGENHARIA HIDRÁULICA DE MACAU, LIMITADA

(Publicações ao abrigo do artigo 1.º da Lei n.º 14/96/M, de 12 de Agosto)

Balanço em 31 de Dezembro de 2003

MOP

Pelo Conselho de Gerência, O Responsável da Contabilidade,
Michael John Butters Andrew Hunt

Macau, aos 27 de Janeiro de 2004.

Relatório do Conselho de Gerência

As contas reflectem a actividade da sociedade concessionária EHML — Engenharia Hidráulica de Macau, Limitada, no ano de 2003, oitavo ano de Execução do contrato de operação e manutenção da Estação de Tratamento de Águas Residuais (ETAR) da Península de Macau.

Os lucros resultantes da exploração da ETAR mostram um pequeno acréscimo em relação ao exercício anterior devido a uma gestão controlada e criteriosa.

As perspectivas para 2004 apresentam-se positivas e a EHML continuará a operação e manutenção da Estação de Tratamento de Águas Residuais da Península de Macau, cumprindo a política de ambiente do Governo da RAEM.

A sociedade continua a cooperar com o Governo com vista a atingir padrões mais elevados de protecção ambiental, nomeadamente na execução do projecto da Estação de Tratamento de Águas Residuais do Aeroporto Internacional. O projecto que se encontra em fase avançada, estará concluído no final de 2004.

O Conselho de Gerência

(Assinaturas ilegíveis)

Macau, aos 27 de Janeiro de 2004.

Relatório dos auditores
para os sócios da Engenharia Hidráulica de Macau, Limitada
(constituída em Macau)

Auditámos de acordo com as Normas Internacionais de Auditoria, as demonstrações financeiras da Engenharia Hidráulica de Macau, Limitada, referentes ao exercício findo em 31 de Dezembro de 2003 e expressámos a nossa opinião sem reservas, no relatório de 27 de Janeiro de 2004.

Efectuámos uma comparação entre as demonstrações financeiras resumidas, aqui evidenciadas e as demonstrações financeiras por nós auditadas. As demonstrações financeiras resumidas são da responsabilidade do Conselho de Gerência da Companhia.

Em nossa opinião, as demonstrações financeiras resumidas estão consistentes com as demonstrações financeiras auditadas.

Para uma melhor compreensão da situação financeira da Companhia e dos resultados das suas operações, as demonstrações financeiras resumidas devem ser analisadas em conjunto com as demonstrações financeiras auditadas.

Lowe Bingham & Matthews — PricewaterhouseCoopers

Sociedade de Auditores.

Macau, aos 27 de Janeiro de 2004.


CEI — Companhia de Engenharia e Investimento — Tratamento de Águas, Limitada

Relatório de gerência

Actividade das ETAR no ano 2003

Durante o ano 2003, as Estações de Tratamento de Águas Residuais (ETAR) da Taipa e Coloane trataram em conjunto um total de 8,107,720 metros cúbicos de água residual. Um total de 1,777 toneladas de lamas secas foram produzidas e incineradas.

Previsão para o ano 2004

Prevê-se que para o ano de 2004 o aumento do volume de águas residuais para tratamento nas ETAR da Taipa e Coloane não seja significativo em relação ao volume tratado durante o ano de 2003.

Relatório financeiro do ano 2003

O encerramento financeiro do ano de 2003 releva um lucro de MOP 426 954,00.

Agradecimentos

A Companhia concessionária gostaria de agradecer às Autoridades da RAEM, ao pessoal da Empresa, aos fornecedores e às instituições financeiras, pelo seu contínuo apoio e cooperação.

Macau, aos 30 de Junho de 2004.

Balanço sintético em 31 de Dezembro de 2003

Parecer dos auditores

Aos accionistas da CEI — Companhia de Engenharia e Investimento — Tratamento de Águas, Limitada

(constituída em Macau)

Examinámos de acordo com as Normas Internacionais de Auditoria, as demonstrações financeiras da CEI — Companhia de Engenharia e Investimento — Tratamento de Águas, Limitada, referentes ao exercício que terminou em 31 de Dezembro de 2003, e a nossa opinião sobre as demonstrações financeiras está expressa, sem reservas, no nosso relatório datado de 31 de Março de 2004.

Em nossa opinião, as contas financeiras resumidas estão de acordo com as demonstrações financeiras atrás referidas das quais elas resultaram.

Para uma melhor compreensão da posição financeira e dos resultados das operações da Companhia, durante o exercício, as contas financeiras resumidas devem ser analisadas em conjunto com as correspondentes demonstrações financeiras auditadas do ano.

Deloitte Touche Tohmatsu
31 de Março de 2004.

HONG KONG MACAO HYDROFOIL COMPANY LIMITED

Balanço em 31 de Dezembro de 2003

PATACAS

Síntese do relatório da actividade

Actividade em 2003

Devido ao surto da pneumonia atípica no início do ano, o número de passageiros de e para Macau sofreu um drástico decréscimo, tendo a Companhia, por esse motivo, enfrentado uma difícil situação em termos operacionais. Perante essa grave situação, a Companhia lançou um programa especial de promoção e, aliado ao apoio do Governo da RAEM à indústria de turismo de Macau, o número de passageiros foi recuperando gradualmente na segunda metade do ano, minorando significativamente as perdas sofridas pela Companhia.

Para dar resposta ao contínuo aumento no tráfego de passageiros no Delta do Rio das Pérolas, a Companhia lançou, em Setembro de 2003, um serviço de carreiras — a rota Sea Express, utilizando barcos de alta velocidade para o transporte de passageiros entre o Aeroporto Internacional de Hong Kong e Macau, com vista a explorar novas oportunidades de desenvolvimento, para além dos serviços de transporte de passageiros existentes entre Hong Kong e Macau.

Previsão para 2004

Acompanhando o rápido crescimento económico no Delta do Rio das Pérolas e a incessante abertura à política de turismo da China Continental e, ainda, o aumento na procura da carreira Sea Express, essa situação poderá, a longo prazo, ser favorável ao desenvolvimento da actividade da Companhia, prevendo-se, assim, que o desempenho do negócio poderá melhorar nos próximos anos.

Ho Chiu King Pansy Catilina
Director

Aos 18 de Junho de 2004.

Relatório dos auditores

Para os Accionistas da
Hong Kong Macao Hydrofoil Company Limited
(Constituída em Hong Kong como sociedade de responsabilidade limitada)

Auditámos as demonstrações financeiras anexas, que foram preparadas de acordo com os princípios contabilísticos geralmente aceites em Hong Kong.

Respectivas responsabilidades dos directores e dos auditores

A Lei das Companhias requer que os Directores preparem demonstrações financeiras que dão uma imagem verdadeira e apropriada. Na preparação das demonstrações financeiras, que dêem uma imagem verdadeira e apropriada, é fundamental que princípios contabilísticos sejam adequadamente seleccionados e aplicados de forma consistente.

A nossa responsabilidade consiste em formar uma opinião independente, baseada na nossa auditoria, sobre essas demonstrações financeiras e relatar a nossa opinião unicamente aos accionistas, como uma entidade, de acordo com a secção 141 da Lei das Companhias, e não para qualquer outro fim. Não assumimos responsabilidade ou aceitamos compromissos perante qualquer outra pessoa pelo conteúdo deste relato.

Bases de opinião

Efectuámos a nossa auditoria de acordo com as Normas de Auditoria emanadas da Hong Kong Society of Accountants. Uma auditoria inclui a verificação, numa base de testes, de evidências que suportam os valores e divulgações constantes das demonstrações financeiras. Inclui também uma avaliação de estimativas significativas, efectuadas pelos directores, na preparação das demonstrações financeiras e se as políticas contabilísticas são apropriadas, uniformemente aplicadas e adequadamente divulgadas, tendo em conta as circunstâncias da Companhia.

Planeámos e realizámos a nossa auditoria, de molde a obtermos todas as informações e explicações que considerámos necessárias com o objectivo de nos proporcionar um grau de segurança razoável sobre se as demonstrações financeiras estão isentas de distorções materialmente relevantes. Na formação da nossa opinião, fizemos também uma apreciação global sobre a forma de apresentação da informação contida nas demonstrações financeiras. Acreditamos que a nossa auditoria proporciona uma base razoável para a expressão da nossa opinião.

Opinião

Em nossa opinião, as demonstrações financeiras apresentam de forma verdadeira e apropriada a situação financeira da Companhia em 31 de Dezembro de 2003, bem como os resultados e fluxos de caixa relativos ao exercício findo nessa data, as quais foram devidamente preparadas de acordo com a Lei das Companhias.

H. C. Watt & Company Limited
H. C. Watt, auditor

Aos 2 de Abril de 2004.


COMPANHIA DE CORRIDAS DE GALGOS MACAU (YAT YUEN), S.A.

(Art.º 1.º, n.º 1, da Lei n.º 14/96/M, de 12 de Agosto)

Balanço anual em 31 de Dezembro de 2003

Administrador Executivo, O Chefe da Contabilidade,
Leong On Kei, Angela Ao Weng Si

Macau, aos 31 de Março de 2004.

Relatório do exercício

Durante o ano de 2003, esta Companhia realizou 227 sessões de corridas de galgos, atingindo um total de apostas no valor de MOP 328 344 498,00, o que representa uma queda de 1,7% no valor de apostas relativamente ao ano de 2002.

No 1.º semestre do ano em análise, a indústria do turismo e dos jogos de fortuna e azar foram as primeiras a suportar o choque causado pelo surto de pneumonia atípica, com redução do número de visitantes, o que implicou uma «estagnação» contínua do número de espectadores e, consequentemente, a Companhia saiu bastante afectada no seu exercício. Não obstante, como resultado da forte promoção do turismo por parte do Governo, que resultou na melhoria da conjuntura económica, aliada à rigorosa contenção de custos, as despesas totais do exercício baixaram somente 8,1% em relação às do ano 2002. Além disso, a entrada em funcionamento dos serviços de apostas via internet, em Outubro, e o aumento do número de sessões nocturnas de corridas, a partir de Dezembro, constituíram uma base sólida para o futuro desenvolvimento de actividades.

Na sequência da assinatura do CEPA e da implementação da política de visitas com vistos individuais, a conjuntura económica de 2004 tende a melhorar. Esta Companhia, sob a liderança do Doutor Stanley Ho e do restante corpo gerente, e com esforços unânimes de todo o pessoal, deverá ser capaz de pôr plenamente em prática a própria singularidade das corridas de galgos e alargar, com dinamismo, a área de negócios. E, com diversas iniciativas, fazer as actividades de corridas de galgos crescer com estabilidade, contribuindo para o desenvolvimento económico de Macau.

Macau, aos 31 de Março de 2004.

Administrador Executivo, Leong On Kei, Angela.

Parecer do Conselho Fiscal

As contas da Companhia de Corridas de Galgos Macau (Yat Yuen), S.A., foram preparadas de acordo com as leis vigentes em Macau. Em nossa opinião aqueles documentos dão uma imagem fiel e correcta da situação financeira da Companhia em 31 de Dezembro de 2003, bem como dos resultados gerados no exercício que se concluiu naquela data.

Macau, aos 31 de Março de 2004 .

Conselho Fiscal:

Ho Yuen Wing ou Louise Mok
Alan Ho
Anita Lam Bun Jong


[ Página Anterior ][ Versão Chinesa ]

   

 < ] ^ ] 

    

Versão PDF optimizada para Adobe Reader 7.0 ou superior.
Get Adobe Reader