[ Página Anterior ][ Versão Chinesa ]

Diploma:

Despacho n.º 97/GM/98

BO N.º:

40/1998

Publicado em:

1998.10.7

Página:

1296

  • Cria a Comissão Consultiva para a «Questão Informática do Milénio».

Versão Chinesa

Categorias
relacionadas
:
  • INSTITUTO POLITÉCNICO DE MACAU - UNIVERSIDADE DE MACAU -
  • Ent. Privadas
    relacionadas
    :
  • CENTRO DE PRODUTIVIDADE E TRANSFERÊNCIA DE TECNOLOGIA DE MACAU - INSTITUTO INTERNACIONAL DE TECNOLOGIA DO «SOFTWARE» (UNU/IIST) -
  • Associações
    relacionadas
    :
  • INESC - MACAU, INSTITUTO DE ENGENHARIA DE SISTEMAS E COMPUTADORES - ASSOCIAÇÃO DE ACADEMIA DA INFORMÁTICA DE MACAU -
  • Notas em LegisMac

    Versão original em formato PDF

    Despacho n.º 97/GM/98

    Considerando que a questão dos dois dígitos suscitada pela mudança do milénio, abreviadamente conhecida como Y2K, pode acarretar dificuldades, quer à Administração Pública, quer às entidades privadas do Território;

    Considerando que, apesar das acções já desenvolvidas pela Administração, ainda se afiguram necessárias outras realizações ,tanto no âmbito do sector público como no do sector privado;

    Considerando que se trata de um projecto complexo, é oportuna a criação de uma Comissão, de natureza consultiva, que funcionará como órgão de apoio e coordenação na definição das grandes linhas que devem nortear o referido processo, bem como no acompanhamento das acções que sectorialmente vierem a ser desenvolvidas.

    Nestes termos;

    Usando da faculdade conferida pela alínea a) do n.º 1 e n.º 2 do artigo 16.º do Estatuto Orgânico de Macau, o Governador determina:

    1. É criada a Comissão Consultiva para a «Questão Informática do Milénio», adiante designada por Comissão.

    2. A Comissão tem funções de natureza consultiva, cabendo-lhe, nomeadamente:

    a) Pronunciar-se sobre qualquer aspecto relevante da questão dos dois dígitos, por iniciativa do seu coordenador ou de qualquer um dos seus membros;

    b) Estudar as medidas adequadas a minimizar o problema dos dois dígitos, quer a nível dos organismos e serviços públicos, quer no que respeita aos apoios a serem eventualmente concedidos ao sector privado, e ainda, propor medidas conducentes à respectiva concretização.

    3. A Comissão é composta pelos seguintes membros:

    a) O director dos Serviços de Administração e Função Pública, que exerce as funções de coordenador;

    b) Um representante de cada um dos Secretários-Adjuntos;

    c) Um representante da Universidade de Macau;

    d) Um representante do Instituto Politécnico de Macau;

    e) Um representante da UNU/IIST — United University, Internacional Institute Software Technology;

    f) Um representante do INESC — Macau, Instituto de Engenharia de Sistemas e Computadores;

    g) Um representante do Centro de Produtividade e Transferência de Tecnologia de Macau;

    h) Um representante da Associação de Profissionais de Computadores de Macau.

    4. A Comissão tem reuniões ordinárias e extraordinárias, sendo as primeiras de periodicidade semanal e as segundas sempre que o coordenador ou quem o substituir julgar necessário.

    5. O apoio administrativo à Comissão é assegurado pela Direcção dos Serviços de Administração e Função Pública.

    6. A participação na Comissão dá direito a senhas de presença nos termos da lei.

    Gabinete do Governador, em Macau, aos 30 de Setembro de 1998. — O Governador, Vasco Rocha Vieira.


    [ Página Anterior ][ Versão Chinesa ]

       

      

        

    Versão PDF optimizada para Adobe Reader 7.0 ou superior.
    Get Adobe Reader