Novidades:    
 Boletim Informativo de Escola Superior das Forças de Segurança de Macau

 The newsletter of the IBL master program, Faculty of Law, University of Macau

 Investigação Criminal e Sistema Jurídico

 Anotação e Comentário ao Código de Processo Penal de Macau

 Anotação e Comentário ao Código de Processo Penal de Macau

 基本法遊戲冊

 Colectânea de Jurisprudência do Tribunal de Segunda Instância da Região Administrativa Especial de Macau

 Região Administrativa Especial de Macau Revisão da legislação relativa à protecção dos direitos e interesses dos consumidores Documento de Consulta

 Região Administrativa Especial de Macau Revisão da legislação relativa à protecção dos direitos e interesses dos consumidores Documento de Consulta

   

  

    

[ Página Anterior ][ Versão Chinesa ]

Diploma:

Decreto-Lei n.º 67/96/M

BO N.º:

51/1996

Publicado em:

1996.12.16

Página:

2467

  • Altera as fórmulas de classificação final dos concorrentes aos cursos de promoção da carreira de base dos militarizados das FSM.

Versão Chinesa

Diplomas
relacionados
:
  • Decreto-Lei n.º 66/94/M - Aprova o Estatuto dos Militarizados das Forças de Segurança de Macau.
  • Categorias
    relacionadas
    :
  • CARREIRAS DAS FORÇAS DE SEGURANÇA - FORÇAS DE SEGURANÇA (GERAL) -
  • Notas em LegisMac

    Versão PDF Bilingue

    Decreto-Lei n.º 67/96/M

    de 16 de Dezembro

    O Estatuto dos Militarizados das Forças de Segurança de Macau, aprovado pelo Decreto-Lei n.º 66/94/M, de 30 de Dezembro, introduziu significativas alterações aos modelos de classificação dos concursos aos cursos de promoção das carreiras de base, conferindo às provas psicotécnicas especial relevo.

    Porém, decorridos cerca de dois anos de vigência do diploma, constata-se que a excessiva valoração daquelas provas, resulta numa distorção do sistema por não relevar factores tão importantes como a experiência profissional que constitui elemento significativo nos postos superiores a que os agentes são promovidos.

    Nestes termos;

    Ouvido o Conselho Consultivo;

    O Encarregado do Governo decreta, nos termos do n.º 1 do artigo 13.º do Estatuto Orgânico de Macau, para valer como lei no território de Macau, o seguinte:

    Artigo 1.º

    (Alteração de redacção)

    O artigo 170.º do Estatuto dos Militarizados das Forças de Segurança de Macau, aprovado pelo Decreto-Lei n.º 66/94/M, de 30 de Dezembro, passa a ter a seguinte redacção:

    Artigo 170.º

    (Classificação final)

    1. ......................

       ......................

       ......................

       ......................

    IF = Valorização das informações individuais (média aritmética, aproximada até às décimas, da soma da pontuação média obtida nas últimas quatro informações individuais).

       ......................

       ......................

       ......................

    2. Nos concursos de admissão aos cursos de promoção a guarda de 1.ª classe, guarda-ajudante e bombeiro-ajudante, a fórmula a aplicar é a seguinte:

    CF = (TP x 4,4) + (IF x 2,7) + (HA x 1) + (PS x 1)  + CD + LV
    9,1  

    3. Nos concursos de admissão aos cursos de promoção a subchefe, a fórmula a aplicar é a seguinte:

    CF = (IF x 3,2) + (HA x 3,2) + (TP x 1,7) + (PS x 1)  + CD + LV
    9,1  

    4. Nos concursos de admissão aos cursos de promoção a chefe, a fórmula a aplicar é a seguinte:

    CF = (HA x 3,2) + (IF x 2,5) + (TP x 1,1) + (PS x 1)  + CD + LV
    7,8
    5. ......................

    6. ......................

    Artigo 2.º

    (Substituição de anexo)

    O Anexo D a que se refere o n.º 6 do artigo 167.º do Estatuto dos Militarizados das Forças de Segurança de Macau é substituído pelo Anexo ao presente diploma.

    Artigo 3.º

    (Entrada em vigor)

    O presente diploma entra em vigor no dia imediato ao da sua publicação.

    Aprovado em 12 de Dezembro de 1996.

    Publique-se.

    O Encarregado do Governo, Jorge A. H. Rangel.


    Anexo D a que se refere o n.º 6 do artigo 167.º do EMFSM

    Quantificação dos factores de selecção

    1. Valorização

    a) Provas psicotécnicas — A valorização constante do n.º 1 do artigo 142.º;

    b) Informação individual — A valorização resultante da média aritmética, aproximada até às décimas, da soma da pontuação média obtida nas últimas quatro informações individuais;

    c) Habilitações académicas:

      6.º ano 9.º ano 11.º ano 12.º ano Superiores
    ao 12.º ano
    Valorização 3 5 7 8 10

    d) Tempo de permanência no posto (a)

      3 anos 4 anos 5 anos 6 anos 7 anos 8 anos 9 anos 10 anos 11 anos = ou > 12 anos
    Valorização 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10

    (a) Anos completos

    2. Coeficientes de ponderação

    Factores de selecção Concurso de promoção a
    Guarda de 1.ª classe,
    Guarda-ajudante,
     Bombeiro-ajudante
    Subchefe Chefe
    Provas psicotécnicas 1.0 1.0 1.0
    Informação individual 2.7 3.2 2.5
    Habilitações académicas 1.0 3.2 3.2
    Tempo de permanência no posto 4.4 1.7 1.1

    3. Cotas de valorização:

    a) Condecorações:

    (1 ) Medalha de Altruísmo e Humanidade — 1.5 valores;

    (2) Medalha de Dedicação — 1.3 valores;

    (3) Medalha de Mérito —1.0 valores;

    b) Louvores:

    Entidade que louva Valores
    Governador 1.0
    Secretário-Adjunto 0.8
    Comandante de Corporação ou Director 0.3
    Outros oficiais que exerçam funções de comando ou chefia 0.1

    Obs.: Os louvores concedidos pelo comandante das FSM e pelo chefe do Estado-Maior das Forças de Segurança, cargos extintos pelo Decreto-Lei n.º 6/91/M, de 28 de Janeiro, têm a valorização correspondente, respectivamente, a Secretário-Adjunto e Comandante de Corporação.


    [ Página Anterior ][ Versão Chinesa ]

       

      

        

    Consulte também:

    Revista «Administração»
    N.º 102

    Versão PDF optimizada para Adobe Reader 7.0 ou superior.
    Get Adobe Reader